Estudantes criam veículo adaptado para cadeirantes irem à praia

As seis rodas largas com sistema de tração garantem a acessibilidade

329
Reprodução/Agora RN

Os estudantes Iago Souza e Maraysa Araújo, do Instituto Federal do Rio Grande do Norte, criaram um veículo adaptado para melhorar a acessibilidade à praia de um cadeirante da cidade de Natal.

O projeto, batizado de Crab – caranguejo, em inglês – faz referência à habilidade do animal de de se locomover sobre a areia. O veículo com seis rodas largas e sistema de tração é uma espécie de plataforma dirigível por controle remoto.

O primeiro protótipo em tamanho real é abastecido por energia solar e tem capacidade para uma cadeira de até oitenta quilos. A bateria pode durar até sete horas, dando mais autonomia para o usuário.

João Gabriel Andrade, de 8 anos, foi o primeiro a testar o Crab. E sua mãe, Juliana Andrade de Castro, fala sobre a experiência. “O projeto é fantástico. O carro ajudou, porque são os pés dele. Para ele foi maravilhoso e, pra mim, mais ainda. Ele inclusive conseguiu controlar o carro, então ficou encantado”, contou ao Agora RN.

O diretor do Instituto Federal, João Teixeira, espera expandir a iniciativa. “Esperamos ter o apoio de instituições, do governo, para que a gente possa desenvolver esse veículo em maior quantidade e disponibilizar nas praias do Brasil”, disse.