Início Saúde Pele de tilápia poderá ser adotada no SUS para tratamento de queimaduras

Pele de tilápia poderá ser adotada no SUS para tratamento de queimaduras

O presidente Bolsonaro falou no Twitter sobre a alternativa terapêutica

-

Método de tratamento de queimaduras, menos dolorosa e mais barata, poderá ser adotado pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Hoje (10), o presidente Bolsonaro falou em sua conta do Twitter sobre o uso da pele de tilápia como alternativa terapêutica.

O procedimento é resultado das pesquisas do médico pernambucano, Marcelo Borges, e está em fase de testes.

Para o médico, a pele da tilápia pode ser um substituto temporário à pele humana. “A tilápia funciona como curativo biológico, ela tampona a ferida, ela veda, ela adere como se fosse uma cola, permanece por vários dias. Isso faz com que haja uma redução tremenda no risco de infecção mas sobretudo, uma grande redução da dor, que é uma característica no tratamento das queimaduras”, afirma.

WhatsApp Receba as notícias do Relevante