Início Saúde "O mundo errou? Vocês foram responsáveis pela morte de milhares de pessoas",...

“O mundo errou? Vocês foram responsáveis pela morte de milhares de pessoas”, diz cearense ao secretário de saúde

Carlos Roberto Martins tenta "culpar o mundo" pela falha na gestão de combate à pandemia de coronavírus

-

O político e empresário Marcelo Mendes, do Ceará, publicou um desabafo nas redes sociais após o secretário estadual da Saúde, Carlos Roberto Martins, o Dr. Cabeto, afirmar que “o mundo errou” na condução de ações de combate à pandemia de coronavírus.

Segundo afirmação do Dr. Cabeto, foi um erro orientar aos cidadãos com sintomas leves da covid-19 que ficassem em casa e buscassem o hospital apenas em caso de piora do quadro de saúde.

Marcelo Mendes criticou a jogada do secretário de saúde para se eximir de responsabilidade na gestão do surto no estado. “Com toda medicação que reconhecidamente dava certo, os senhores mandaram as pessoas morreram em casa. Famílias foram destruídas e agora o senhor vem dizer, senhor secretário, que o mundo errou? É essa a prestação que o Senhor tem para dar para o povo do Ceará?”, questiona.

Ele ainda ressalta que médicos renomados solicitaram a aplicação do tratamento precoce que poderia salvar a vida de milhares de pessoas, mas não tiveram apoio do estado.

“Um grupo de médicos capitaneados pelo Doutora Elizabeth Moraes, Odorico Moraes e Anastácio Queiroz, cientistas respeitados nacional e internacionalmente, imploraram… pedindo que fosse adotado o protocolo da UFC que tratasse as pessoas preventivamente com a hidroxicloroquina, com azitromicina”, relembra o político.

Inconformado com as ações do governo estadual, Mendes permanece questionando: “O mundo errou secretário? O mundo errou governador?” E conclui apontando que as autoridades locais é que receberam a competência de combater o surto.

“Vocês foram responsáveis pela morte de milhares de pessoas. A gestão da pandemia por determinação do STF, foi dos governadores e prefeitos. A responsabilidade é absoluta e exclusivamente de vocês. Poderia ter sido dado um tratamento que salvaria pessoas”, finaliza.

Secretário de Saúde do Ceará

Em entrevista na última segunda-feira (14), o secretário de saúdedo Ceará, Carlos Roberto Martins (Dr. Cabeto), afirmou que a comunicação no início da pandemia deveria ter sido mais assertiva e depositou a culpa nas autoridades internacionais de saúde.

“Eu acho que o mundo inteiro pautou uma coisa chamada ‘não vá ao hospital, espere ter falta de ar’, e a gente viu no decorrer da evolução, acho que o mundo errou, o CDC errou, a OMS errou. É preciso que se diga claramente”, apontou.

Nos primeiros meses da pandemia no Brasil, o próprio doutor orientou às pessoas a buscarem ajudar hospitalar apenas em casos graves. Mas hoje, ele repensa:

“A gente viu que, quando esse doente chega mais precoce, você melhora a qualidade da estratificação do risco, melhora o resultado do tratamento. Acho que essa forma de comunicar poderia ter sido melhor”, avaliou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

WhatsApp Receba as notícias do Relevante