Médica que fez apelo a Bolsonaro pela Cloroquina faz alerta importante

Raissa Soares afirma que mesmo com o desaparecimento dos sintomas já nos primeiros dias, ainda é fundamental cumprir toda a quarentena

542
Reprodução/Youtube

A médica Raissa Soares, que ganhou notoriedade ao publicar um apelo ao presidente Jair Bolsonaro para o envio de cloroquina para a sua cidade, Porto Seguro, na Bahia, fez um alerta importante sobre os sintomas e o tratamento da Covid-19.

Ela pede a cautela dos pacientes infectados ao perceberem que os sintomas estão “zerados” após o início do tratamento precoce, pois apesar da queda de sintomas o vírus ainda pode permanecer no corpo até 14 dias. Portanto, ela considera que continua sendo fundamental o isolamento por esse período mínimo e além dos cuidados com a quarentena para que a doença não seja transmitida.

Segundo a médica, mesmo com os cuidados precoces é necessário analisar a reação do organismo, caso seja identificado mal estar ou outro desconforto deve-se buscar auxílio médico para acompanhamento. Devido registros de fibrose pulmonar em função do coronavírus, ela ainda ensina alguns exercícios pulmonares para evitar sequelas no futuro.

Na semana passada, o presidente Bolsonaro enviou cerca de 40 mil doses da hidroxicloroquina a cidade, atendendo ao pedido da médica. Ela apareceu também em outro vídeo agradecendo.

“Já tirei o medo do coração das pessoas, mas precisava do remédio. Essa medicação é para Porto Seguro e cidades da região, para fazer a distribuição para o sul da Bahia. Já falei para o secretário para que isso seja estendido. Mas Bolsonaro, muito obrigada, de coração”, disse ela.