Coronavírus: Hapvida diz ter bons resultados com uso de hidroxicloroquina na fase inicial

“Tem sido um elemento essencial para evitar a gravidade da Covid-19 em nossos pacientes”, disse o diretor executivo da rede de plano de saúde, Jorge Pinheiro

647
Reprodução/Hapvida

A rede Hapvida ampliou o uso da hidroxicloroquina no tratamento de pacientes com o coronavírus. A empresa utiliza o medicamento desde a fase inicial da doença e os resultados são promissores, segundo aponta.

“A percepção clínica de nossos médicos é de que o uso da hidroxicloroquina, em associação com outras drogas, na fase inicial da doença, tem sido um elemento essencial para evitar a gravidade da Covid-19 em nossos pacientes”, disse o diretor executivo da Hapvida, Jorge Pinheiro.

Segundo a rede de plano de saúde, os pacientes que forem tratados em casa também receberão o medicamento. “Dessa forma, para cuidar do nosso paciente e contribuir para que a sua situação não se agrave, vamos doar a medicação, desde que tenha prescrição médica. Quando ele se consultar com nosso médico em nossas unidades, e o médico entender que ele possui condições de ficar em casa e precisa da medicação, daremos acesso à hidroxicloroquina, já que muitos pacientes têm nos relatado dificuldades de encontrar a medicação na rede farmacêutica do País como um todo”.

A empresa já investiu cerca de R$ 65 milhões em ações para o combate à pandemia, como a compra de equipamentos de proteção, medicamentos e ampliação de tecnologia.