“Povo armado legalmente jamais será ultrajado, roubado ou escravizado”, disse Bolsonaro

Em sua rede social, o presidente voltou a defender o armamento

348
Reprodução/Agência Brasil

O presidente da República, Jair Bolsonaro, voltou a se posicionar sobre o armamento no Brasil. Em sua rede social, o presidente compartilhou uma entrevista coletiva em que o xerife de Polk, nos Estados Unidos, incentiva o porte de armas da população local.

No vídeo, o xerife Grady Judd fala sobre a crescente onda de violência em várias cidades dos EUA. “A gente do condado de Polk gosta de armas. Eles têm armas. Encorajo-os a possuírem armas. E eles vão estar em suas casas esta noite com suas armas carregadas. E se vocês tentarem invadir as casas deles para roubar ou incendiar, eu recomendo fortemente que eles expulsem vocês das casas com as armas deles”, disse.

Ao comentar o vídeo, o chefe do Executivo considera: “Povo armado legalmente jamais será ultrajado, roubado ou escravizado”.

E completa: “Acredito em Deus, no Brasil e na maioria do seu povo”, disse Bolsonaro.