Início Política Mourão pede cuidado com 'desinformação' sobre Amazônia

Mourão pede cuidado com ‘desinformação’ sobre Amazônia

Vice-presidente Hamilton Mourão explica os incêndios atuais e defende capacidade do Brasil de gerir seu patrimônio ambiental

-

O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) publicou um artigo em seu Twitter no fim de semana para rebater as acusações de que o Brasil não tem capacidade para gerir seu patrimônio ambiental, mais especificamente a Amazônia. Ao tentar explicar que os incêndios atuais não são ‘padrão Califórnia ou Austrália’, Mourão pede as pessoas “não se deixem levar por narrativas tiradas da cartola, como o coelho daquele mágico”.

“Somos a nação que tem a matriz energética mais limpa e a maior cobertura vegetal original, chegando ao admirável valor de 84% de área nativa preservada na Amazônia e mais de 60% se considerarmos todo o território nacional. Interesses econômicos e políticos à parte, também ocorre uma certa desinformação, que termina por ganhar força junto aos que jamais pisaram na Amazônia”, escreveu pelo Twitter.

O general listou série de fatores tecnológicos que podem induzir à ideia de descontrole ambiental, especialmente neste período de seca. Para entender os dados divulgados é necessário saber o que representam os focos apontados pelos satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

“As imagens [de satélite] acusam todos os focos de calor, o que não significa incêndio, pois qualquer área com temperatura acima de 47 ºC — uma fogueira, por exemplo — é assim identificada. Além disso, como consta no site do instituto [Inpe], é a comum a mesma queimada ser detectada por vários satélites. Os dados brutos também não distinguem as [queimadas] ilegais das legais”, justificou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

WhatsApp Receba as notícias do Relevante