Início Política “Eu quero governar o Brasil. Precisamos de todos aqui”, diz Bolsonaro em...

“Eu quero governar o Brasil. Precisamos de todos aqui”, diz Bolsonaro em vídeo da reunião ministerial

Durante reunião com ministros, o presidente fala sobre o combate à corrupção, pede posicionamento político de ministros, diz que é a favor das liberdades individuais e de expressão, do armamento e do livre mercado. Também reclama da imprensa, fala contra a ditadura e defende os valores cristãos

-

A divulgação do vídeo da reunião ministerial gerou intensa repercussão nos últimos dias no cenário político. A gravação foi apontada pelo ex-ministro Sergio Moro como prova de uma suposta tentativa de interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal. Em suas declarações, Bolsonaro volta a defender valores, critica a ditadura e pede mais posicionamento dos ministros.

Ao falar sobre o trabalho do seu governo, o presidente pede que os ministros estejam alinhados. “Quem não aceitar as minhas bandeiras […], família, Deus, Brasil, armamento, liberdade de expressão, livre mercado, está no governo errado”.

“Eu quero governar o Brasil. Precisamos de todos aqui”, diz Bolsonaro ao cobrar posicionamento dos ministros.

Em outro momento do encontro, Bolsonaro critica medidas restritivas adotadas por alguns estados em meio à pandemia do coronavírus. “Ministro da Justiça, foi decidido há pouco tempo que não poderia botar algema em quase ninguém, por que estão botando algema em cidadão que está trabalhando ou mulher que está em praça pública e a justiça não fala nada?”, perguntou ao ex-ministro Sergio Moro.

Bolsonaro também ressalta o combate à corrupção e fala sobre o futuro do País. “Não somos acusados de corrupção, nada. […] Não somos acusados de desvios […] O destino do Brasil está na mão desse grupo privilegiado, que está aqui. Eu não seria nada sem vocês, e vocês não seriam ministros sem mim […], um apelo, todos se preocupem com a questão política”.

O chefe do Executivo também critica a cobertura de parte da mídia brasileira. Segundo sugere, alguns veículos utilizam sua família para atacá-lo.

WhatsApp Receba as notícias do Relevante