Início Política Bolsonaro é o favorito nas eleições presidenciais de 2022, aponta pesquisa

Bolsonaro é o favorito nas eleições presidenciais de 2022, aponta pesquisa

Presidente lidera com cerca de 30% do eleitorado. Entre os possíveis adversários estão Moro, Lula, Ciro, Haddad,Luciano Huck e Mandetta

-

O presidente Jair Bolsonaro aparece como o favorito nas eleições presidenciais de 2022 nos três cenários propostos pelo Instituto Paraná Pesquisas. De acordo com apuração ele tem quase 30% da preferência do eleitorado, superando possíveis candidatos como Moro, Lula, Ciro, Haddad,Luciano Huck e Mandetta.

Segundo o levantamento, em disputa com o ex-juiz e ex-ministro da Justiça Sergio Moro, registra-se 17,1% de predileção para ele e 29% para o atual chefe do executivo. Em terceiro lugar ficaria Fernando Haddad do PT, com 13,4%. Seguido de Ciro Gomes (PDT) com 9,9%, Luciano Huck com 6,5%, o governador de São Paulo João Doria (PSDB) em 4%. Além de João Amoêdo (Novo) em 3,4%, Guilherme Boulos (Psol) com apenas 1% e o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC) com 0,7% das intenções de voto.

10% dos entrevistados não escolheram nenhum candidato e 4,9% não sabem ou não responderam. A metodologia é baseada na pesquisa estimulada, pela qual os nomes dos candidatos são apresentados ao eleitor e ele opta por um ou nenhum deles.

No cenário de disputa com o ex-presidente Lula (PT) no lugar de Fernando Haddad, o presidente Jair Bolsonaro alcança 27,5% da preferência, contra 21,9% do petista. Moro vem em seguida no terceiro lugar com 16,8%, Ciro Gomes (8,3%), João Doria (3,8%), Amoêdo (3,4%). Logo após vem Marina Silva (Rede), que não estava no primeiro cenário, com 2,5% e Witzel e Boulos com menos de um por cento. Aqui, 9,5% não apresentou escolha de candidato e 4,6% não souberam opinar.

A pesquisa foi feita entre os dias 18 e 21 de julho com 2.030 eleitores em 188 municípios do país inteiro. O grau de confiança do Instituto Paraná Pesquisas é de 95% com margem de erro de dois pontos percentuais para os resultados gerais.

Na última simulação, não entraram os nomes de Sergio Moro nem Lula. Aqui o presidente Bolsonaro alcança os melhor índice de preferência com 30,7% das intenções de votos. Em segundo lugar, Haddad com 14,5% e Ciro Gomes em terceiro, com 10,7%. Ademais aparecem Luciano Huck (8,3%) e o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (5,7%), João Doria (4,6%), Amoêdo (4%). Entram neste cenário também o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) com 1,6% e Witzel com 0,9% da intenções.

A quantidade de pessoas que não votariam em nenhum dos candidatos sobe para 12,8% e 6,1% para os não souberam opinar.

FONTEVeja
WhatsApp Receba as notícias do Relevante