Início Política “Agora é o povo no poder”, diz Bolsonaro em ato contra a...

“Agora é o povo no poder”, diz Bolsonaro em ato contra a quarentena

Populares pedem o fim o isolamento social e o impeachment do presidente da Câmara, Rodrigo Maia

-

Durante o dia oficial de comemoração do exército brasileiro (19), o presidente Jair Bolsonaro participou da manifestação popular contra as políticas de isolamento social. Em discurso em frente ao Quartel General do Exército em Brasília, o presidente declarou: “Eu estou aqui porque acredito em vocês. Vocês estão aqui porque acreditam no Brasil”.

Bolsonaro reafirmou que sua missão é lutar em defesa da democracia e chamou todos à exercerem seu direito e dever de cidadãos e detentores do poder segundo a Constituição.

“Nós não queremos negociar nada. Nós queremos é ação pelo Brasil. O que tinha de velho ficou para trás. Nós temos um novo Brasil pela frente. Todos, sem exceção, têm que ser patriotas e acreditar e fazer a sua parte para que nós possamos colocar o Brasil no lugar de destaque que ele merece. Acabou a época da patifaria. É agora o povo no poder,” proclamou.

Ovacionado pelo público presente, que clamava não só pelo fim da quarentena, mas também pelo o impeachment do presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Nas redes sociais, a tag #foramaia atingiu mais de 1,6 milhões de menções na última sexta.

As manifestações também aconteceram na cidade de São Paulo e em cidades do Nordeste, como Salvador e Recife. O povo se reuniu em frente às organizações militares locais e alguns chegaram a pedir pelo decreto de intervenção militar.

O presidente concluiu: “Mais que direito, vocês têm a obrigação de lutar pelo país de vocês. Contem com o seu presidente para fazer tudo aquilo que for necessário para que nós possamos manter a nossa democracia e garantir aquilo que há de mais sagrado entre nós, que é a nossa liberdade. Todos no Brasil têm que entender que estão submissos à vontade do povo brasileiro.

FONTEFolha
WhatsApp Receba as notícias do Relevante