Colunistas O Candidato Honesto - Diga-me com quem tu andas...

O Candidato Honesto – Diga-me com quem tu andas…

"Estamos a poucos dias da eleição mais importante das nossas vidas, que decidirá de uma vez por todas, se o socialismo terá carta branca para voltar a comandar o país através da cleptocracia e de políticas que em todos os locais do mundo falharam, ou se livraremos nossos jovens e crianças de um futuro miserável", destaca Tay Pellegrini em artigo

-

- Advertisment -

Em 1990 o comunismo precisou de uma reformulação em seus métodos de expansão, foi dentro desse contexto que Luís Inácio Lula da Silva e Fidel Castro tiveram a ideia de fundar o Foro de São Paulo.

O Foro de São Paulo é uma instituição internacional de esquerda, que reúne partidos comunistas e socialistas da América Latina, ela está entre as maiores organizações do mundo.

Poderia ser apenas isso, se não fosse o fato de que o Foro também é integrado por grupos de guerrilha ligados ao narcotráfico, como as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), que são parceiras do maior traficante do Brasil, Fernandinho Beira-Mar e o MIR chileno, responsável por uma onda de sequestros que tivemos no Brasil. A ligação do Foro com as FARC foi confirmada por Raúl Reyes, comandante das FARC, em entrevista para dada para a Folha de São Paulo em 27 de agosto de 2003.

Foi através do Foro de São Paulo, que vários líderes de esquerda conseguiram se eleger e alguns deles se perpetuaram no poder.

Confira aqui os países e partidos que fazem parte do Foro de São Paulo: https://forodesaopaulo.org/partidos/

Lula e seu amigo ditador Fidel Castro

CUBA – Fidel Castro (1926-2016) – Filho de um rico fazendeiro, começou a participar de rebeliões durante a faculdade, após atentar contra o presidente cubano Fulgencio Batista foi preso. Ao ser solto, formou um grupo revolucionário com seu irmão Raúl Castro e Che Guevara. Liderou o grupo de guerrilha na Revolução Cubana e em 1959 assumiu o poder militar e político de Cuba. Sob sua administração, Cuba tornou-se um Estado socialista unipartidário, com promessas populares de redistribuição de riquezas, suposta ajuda aos pobres e socialismo.

Fidel Castro começou a desapropriar terras e empresas privadas para serem administradas pelo Estado, a indústria e os negócios foram nacionalizados. Fidel converteu Cuba em uma ditadura do proletariado sob comando do Partido Comunista, a primeira no hemisfério ocidental. Ele deixou a presidência de Cuba tendo como sucessor seu irmão Raúl Castro e posteriormente, Miguel Díaz-Canel (atual presidente) o regime ditatorial cubano perdura por mais de 60 anos com 90% da população vivendo na pobreza.

Através da amizade e da aliança formada entre Lula e Fidel, a população brasileira financiou a construção do Porto de Mariel em Cuba, a obra custou 957 milhões de dólares, sendo 682 milhões de dólares disponibilizados através do BNDES, a empresa responsável pela construção foi a Odebrecht.

Porto Mariel em Cuba.

ARGENTINA – O populismo na Argentina começou de forma intensa durante o Peronismo (é a denominação dada genericamente ao “Movimento Nacional Justicialista”, criado e liderado a partir do pensamento de Juan Domingo Perón, militar e estadista argentino, presidente daquele país, eleito em 1946, 1951 e 1973 e que influenciou a política Argentina).

Os governos seguintes seguiram o mesmo caminho, corrupção, inflação nas alturas, desemprego foram abrindo ainda mais o buraco. Em 2003 Néstor Kirchner foi eleito, pelo mesmo partido de Perón, a Argentina teve crescimento, mas ficou dependente da exportação de produtos do setor primário, com o tempo os problemas das políticas populistas foram surgindo.

Cristina Kirchner assumiu o governo e tentou implementar políticas heterodoxas com aumento de gastos públicos, fazendo com que a economia fosse maquiada por um tempo, semelhante ao que o governo Dilma fez no Brasil. A expropriação de uma companhia de petróleo trouxe insegurança jurídica, fez os investidores saírem do país e a credibilidade dele ficou extremamente afetada. A inflação subiu, os preços voltaram a ser congelados e os dados da economia foram sendo novamente maquiados, a insistência no erro levou a desvalorização da moeda e queda no crescimento do país.

Após Kirchner sair, Macri entrou e não implementou quase nenhuma nova política, mantendo a Argentina no mesmo caminho que já comprovou não funcionar. Alberto Fernandez foi eleito e como sua vice retorna Cristina Kirchner, promessas de estatização e novas políticas intervencionistas fizeram o PIB ter a pior queda da história, durante a pandemia, o governo decidiu impedir demissões e complementar salários, mas como tudo o que é “dado pelo governo” sai dos bolsos dos contribuintes, esses benefícios retornam em forma de aumento de impostos.

Para reduzir o valor da carne após aumento de quase 64%, a Argentina suspendeu a exportação por 30 dias, as consequências disso foram prejuízos milionários para as empresas e queda no interesse dos investidores, o que levou a mais escassez e ainda mais aumento dos preços. Após muita comemoração da esquerda latino-americana, a realidade bateu à porta, hoje moeda Argentina está desvalorizada, o desemprego e a fome aumentaram drasticamente, a inflação bate na casa dos 70%, uma das mais altas do mundo, a pobreza atinge mais de 40% da população, mais da metade das crianças são pobres e meio milhão abandonou a escola após o prolongado fechamento do ensino presencial durante a pandemia, como advertiu no começo do ano letivo a Associação Civil pela Igualdade e Justiça (ACLJ).

Lula, Cristina Kirchner e Alberto Fernández

O governo populista Argentino é apoiado pelo PT e graças a essa amizade, nós brasileiros construímos na Argentina o Aqueduto de Chaco, que custou 180 milhões de dólares, construído pela OAS e o Soterramento do Ferrocarril Sarmiento com o custo de 1,5 bilhões de dólares, construída pela velha companheira Odebrecht. Através da Embraer o Brasil ainda exportou para a Argentina 20 aviões, com o custo de 595 milhões de dólares.

Exportação de 20 aviões pela Embraer

VENEZUELA – Em 1997 Hugo Chávez fundou o MVR, uma aliança partidária de esquerda que lhe ofereceu suporte para vencer as eleições, contou também com apoio do Foro de São Paulo e com o apoio de Lula. Com políticas também populistas, prometeu acabar com as injustiças sociais e redistribuir riquezas. Chávez acentuou seu radicalismo com o argumento de estar sendo vítima de uma tentativa de golpe, começou a perseguir a imprensa, exilar políticos, juízes e figuras consideradas de oposição.

Ele criou a Milícia Nacional Bolivariana, com objetivo de defender a revolução. Modificou a constituição e possibilitou a reeleição ilimitada para cargo de presidente, políticas de expropriação de terras, bens e empresas tiveram início, os mais pobres, apoiavam o governo que tirava daqueles que conquistaram para dividir com os que não tinham, o “presente”, no entanto, tinha um custo, os bens dados pelo governo eram cobrados em forma de “fidelidade incondicional”, cerceamento de liberdade e muitas vezes ao custo da sua própria vida.

Chávez se manteve no poder por quatro mandatos, quanto mais poder ele tinha, mais os investidores saíam da Venezuela, os produtos tornaram-se escassos e a crise se intensificou. Seu sucessor foi Nicolás Maduro.

Lula e o ditador Hugo Chávez

Maduro aumentou ainda mais a escalada autoritária e conflitos começaram a estourar no país, foi convocada nova Assembleia Constituinte e mais uma vez a constituição sofreu alterações para benefício da ditadura, como Maduro não tinha o parlamento ao seu lado, criou um novo parlamento paralelo, em 2018 esse parlamento foi responsável por sua reeleição que foi contestada mundialmente.   

O processo de socialização da economia intensificou ainda mais a crise do país, já não existiam mais empregos e a fome se alastrou. Em curto prazo o resultado foi o colapso generalizado. O país encontra-se em hiperinflação com estimativa de atingir 720% ainda neste ano, a miséria atinge mais de 96% da população, não tem comida, não tem água e cerca de 90% das pessoas não têm acesso confiável a energia elétrica.

A moeda não tem nenhum valor, com um mês de trabalho, o trabalhador consegue comprar apenas UM ITEM BÁSICO, como por exemplo 1 litro de leite. Não se veem mais cachorros, gatos e passarinhos no país, a fome e a miséria generalizada fizeram com que os resquícios de humanidade fossem substituídos pela necessidade de sobrevivência. Na década de 70 a Venezuela estava entre os 20 países mais ricos do mundo, atualmente é um dos países mais pobres do mundo.

Ditador Maduro em campanha pró Lula

Essa amizade também teve um custo para o bolso dos brasileiros, as Linhas 3 e 4 dos metrôs construídos na Venezuela e ainda a segunda Ponte sobre o Rio Orinoco ambas as obras realizadas pela Odebrecht, custaram respectivamente 732 milhões de dólares e 1,2 Bilhões (300 milhões através do BNDES).

NICARÁGUA – O partido Frente Sandinista de Libertação Nacional de Daniel Ortega, também faz parte do Foro de São Paulo. Ortega é um ex-guerrilheiro comunista e líder do partido desde 1991. Ele foi preso inúmeras vezes por crimes como assaltos a mão armada.

Em 2007 Ortega conseguiu voltar ao poder, foi nesse período que ele começou a aparelhar as instituições, isso fez com que ele fosse reeleito em 2011, 2016 e 2021.

Ele instalou na Nicarágua um processo chamado “Politização da Justiça”, esse processo nada mais é que a criminalização da competitividade eleitoral, ou seja, quando um opositor forte surge, o judiciário trata de encontrar e desenvolver acusações criminais contra ele, esse processo tem se espalhado por outros países da América Latina.

As últimas eleições do país foram marcadas pela prisão de 7 opositores, pela vitória comemorada antes da divulgação dos resultados e por altas taxas de abstenção de votos. As eleições na Nicarágua têm sido frequentemente contestadas pelo restante do mundo, apesar disso, o PT apoia fortemente o ditador e a ditadura.

Lula e o ditador Daniel Ortega

A ditadura do país tem repercutido mundialmente por sua perseguição religiosa. Ortega tem fechado igrejas, prendido padres e bispos, expulsado freiras e já fechou mais de 200 ONGS.

Ainda esse ano, Ortega expulsou do país freiras que faziam parte da Ordem formada por Madre Teresa de Calcutá, elas estavam no país desde 1989, eram responsáveis por administrar lares de idosos, creches e lares destinados ao cuidado de meninas abandonadas e vítimas de abusos sexuais. Silêncio absoluto e sepulcral da esquerda, que insiste em dizer que defende a democracia e as minorias, incluindo as mulheres, provavelmente não as mulheres que não compactuam com as ideologias socialistas.   

Também fomos nós brasileiros que gentilmente construímos a Hidrelétrica de Tumarín na Nicarágua, a obra teve o custo de 1,1 bilhão de dólares, sendo 343 milhões de dólares fornecidos pelo BNDES, a obra foi feita pela Queiroz Galvão. Em tempo que nossos conterrâneos nordestinos aguardaram 15 anos para ter acesso a água, o governo petista construiu uma hidrelétrica para ditadura Nicaraguense.

Hidrelétrica de Tumarín

COLÔMBIA – Gustavo Petro foi o primeiro presidente de esquerda a tomar posse na Colômbia, em menos de 2 meses seu governo já havia se tornado um dos mais impopulares.

Petro integrava um grupo terrorista responsável por assaltos (M-19), aparentemente um dos requisitos mínimos para se tornar um líder esquerdista seja esse, seu vínculo com guerrilhas, ter praticado alguns crimes e ser um ex-presidiário.

Lula e o ex-guerrilheiro comunista Gustavo Petro

Em 1985 Petro foi preso por porte ilegal de armas, o grupo do qual fazia parte invadiu o palácio da Justiça e fez mais de 300 pessoas reféns, a invasão durou mais de 28hrs e deixou mais de 100 pessoas mortas, dentre eles o Presidente da Suprema Corte Colombiana, Alonso Reyes Echandía.

Ao ser eleito, Petro nomeou como chefe da inteligência colombiana, um de seus companheiros de guerrilha terrorista, ainda determinou a aposentadoria forçada de 24 generais da polícia nacional, 16 generais do exército, 6 generais da Marinha e 6 generais da Aeronáutica.

Em seu primeiro discurso como presidente, falou sobre seu projeto de reforma tributária, com aumento de impostos e taxação de grandes fortunas. Já de início também determinou a retirada da Colômbia da Declaração de Consenso de Genebra, uma aliança de países antiaborto.

Em sua nova política de segurança, inspirada na cartilha chavista, ele inclui o fim das operações antidrogas e do serviço militar obrigatório, defende a legalização das drogas, principalmente a legalização da cocaína, já que a Colômbia é a maior produtora de cocaína do mundo.

Petro também determinou o fechamento de igrejas, uma igreja católica, localizada no Aeroporto de Bogotá foi obrigada a funcionar como “espaço de cultura e reflexão neutra”.

Durante o governo petista, apesar de termos transportes públicos sucateados e muitos locais sem acesso nenhum a eles, enviamos para a Colômbia 127 ônibus ao custo de 26,8 milhões de dólares.

Exportação de 127 ônibus para Colômbia

Lula é amigo de inúmeros ditadores pelo mundo e não caberia aqui descrever todas essas relações, separei algumas das mais importantes e de países mais próximos ao nosso, em uma rápida pesquisa na internet você poderá conferir outras dessas relações amistosas.

Durante o governo petista, os financiamentos através do BNDES passaram de 9,9 bilhões (0,4% do PIB), para 440 bilhões (8,5% do PIB). Os empréstimos eram sigilosos e só foram descobertos após o MPF determinar a quebra do sigilo dessas informações. Foram descobertos mais de 3 mil empréstimos destinados à construção de usinas, portos, rodovias e aeroportos no exterior (Confira alguns deles aqui: https://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1985).

Grande parte das obras foram destinadas a países sem grandes acordos comerciais com o Brasil, o que acende o alerta do caráter político no financiamento dessas obras. Ao subsidiar os empréstimos, o BNDES capta dinheiro emitindo títulos públicos, com base na taxa SELIC (11,75% ao ano), e empresta a 5%. Essa diferença entre custo de captação e receita é arcada por nós, via impostos e carestia, isso vai contra a narrativa do governo Petista que jura de pés juntos defender os pobres.

Os gráficos a seguir mostram como os governos brasileiros concederam os financiamentos ao longo dos anos e quais deles priorizaram o dinheiro nacional para micro, pequenas e médias empresas.

Financiamentos do BNDES por governo
Financiamentos BNDES para micro, pequenas e médias empresas

Odebrecht, Queiroz Galvão, Andrade Gutierrez e OAS são empreiteiras ligadas aos escândalos de corrupção envolvendo obras superfaturadas, lavagem de dinheiro e associação criminosa, grande parte dos valores desviados serviam para financiar as campanhas de alguns partidos políticos, dentre os que mais receberam estão PT, PMDB, PSDB e PSB.

Ao longo dos meus últimos artigos, com dados e fontes, trouxe para vocês informações importantes que desmentem inúmeras narrativas, estamos a poucos dias da eleição mais importante das nossas vidas, que decidirá de uma vez por todas, se o socialismo terá carta branca para voltar a comandar o país através da cleptocracia e de políticas que em todos os locais do mundo falharam, ou se livraremos nossos jovens e crianças de um futuro miserável.

Você pode crer que nenhum dos dois representantes seja o melhor governante que poderíamos ter, no entanto, estamos diante de fatos inquestionáveis de um governo que em tão pouco tempo, está elevando a economia do nosso país a patamares invejáveis ao resto do mundo. O Brasil hoje, figura entre os maiores países do mundo e temos pela primeira vez na nossa história a oportunidade de transformar o Brasil em uma grande potência.

Podemos nos iludir com ideologias floridas que de forma utópica nos levariam a viver em um país das maravilhas, no entanto, estamos diante da vida adulta e real, que é pautada na responsabilidade, portanto, não ignore todas as informações e fatos que estão diante dos seus olhos e disponíveis na palma das suas mãos.

Tay Pellegrini

Que tudo isso nos sirva de lição, para que nunca mais baixemos a guarda e para que a gente nunca se esqueça: “Quem não gosta de política, é governado por aqueles que gostam dela, ou das benesses que ela pode lhes conceder.”

Que Deus abençoe e ilumine a nossa nação e que valores como Deus, Pátria, Família e Liberdade norteiem todas as próximas gerações.

Tay Pellegrini, esposa, mãe e empresária. Atua no setor jurídico e por longos anos foi da área farmacêutica. Conservadora, cristã, patriota, pró-vida, à favor da liberdade! Sonha em contribuir com a restauração dos valores e da cultura perdida nas últimas décadas.
contato
Instagram @Tay.Pellegrini

O Relevante News valoriza a liberdade de expressãoA opinião do colunista é autônoma e de responsabilidade do respectivo comunicador, que é livre para expressá-la sem qualquer interferência.A opinião do colunista não reflete, necessariamente, a opinião do Relevante News.

Tay Pellegrini
Esposa, mãe e empresária. Atua no setor jurídico e por longos anos foi da área farmacêutica. Conservadora, cristã, patriota, pró-vida, à favor da liberdade! Sonha em contribuir com a restauração dos valores e da cultura perdida nas últimas décadas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas notícias

Os responsáveis pelo colapso são os que se proclamam defensores da democracia

Milhões de pessoas de um lado contra uma meia dúzia do outro. Essa meia dúzia precisa se lembrar que não cabe a eles determinar o que o povo pode ou não pedir. Se o povo é soberano e o verdadeiro PATRÃO de todo funcionário público, ele pode pedir O QUE QUISER.

“Nunca interrompa o seu inimigo quando ele estiver cometendo um erro”

"O criminoso SABE que não tem saída e que, diante disso, restam duas alternativas: entregar-se para a prisão ou tentar a sorte, sair atirando e - quem sabe? - por um milagre conseguir escapar", destaca Pedro Delfino

Estado Autocrático do Xandaquistão

Você duvida do processo eleitoral?“-Fique quieto!”Você acha que deveria ser possível auditar a eleição?“-Não fale isso!!”São descobertas...

Fome de Poder Global

Esse artigo não tem o intuito de falar em teorias de Marx, Engels, Lênin, Trótski, Stalin ou...
- Advertisement -

Moraes manda bloquear contas de pessoas e empresas ligadas as manifestações

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o bloqueio de contas bancárias de 43 pessoas físicas e jurídicas suspeitas de financiar "atos antidemocráticos" e que não aceitam o resultado da eleição presidencial de outubro.

Onde o povo Brasileiro Entra Nessa Democracia?

A verdade é que o Brasil não é uma democracia pelo simples fato de que o povo não participa de nada em relação ao Estado e muito menos em relação aos governos.

Você deve ler isso...

Os responsáveis pelo colapso são os que se proclamam defensores da democracia

Milhões de pessoas de um lado contra uma meia dúzia do outro. Essa meia dúzia precisa se lembrar que não cabe a eles determinar o que o povo pode ou não pedir. Se o povo é soberano e o verdadeiro PATRÃO de todo funcionário público, ele pode pedir O QUE QUISER.

“Nunca interrompa o seu inimigo quando ele estiver cometendo um erro”

"O criminoso SABE que não tem saída e que, diante disso, restam duas alternativas: entregar-se para a prisão ou tentar a sorte, sair atirando e - quem sabe? - por um milagre conseguir escapar", destaca Pedro Delfino
- Advertisement -

Você pode gostar tambémRELATED
Recomendado para você

WhatsApp Receba o nosso CONTEÚDO no WhatsApp