Comportamento Mulheres e o Complexo de Wendy

Mulheres e o Complexo de Wendy

"Mulheres indispensáveis ou profundamente carentes?", questiona Juliana Ferron em novo artigo

-

- Advertisment -

Mulher Wendy produz homem Peter Pan, garotos de 40 anos e 90 kg que se recusam a crescer.

O complexo de Wendy é caracterizado pela necessidade constante de cuidar, atender e satisfazer o desejo do outro. Mais comum em mulheres, o nome da síndrome é inspirado na jovem Wendy, fiel amiga de Peter Pan, que se encarrega de cuidar e assumir todas as responsabilidades da vida adulta que Peter Pan se recusa a aceitar, embotando assim sua masculinidade e maturidade.

Mulheres com necessidade absoluta de satisfazer o outro, principalmente o companheiro e os filhos, criam homens atrofiados em suas virtudes, homens sem iniciativa, sem liderança, sem independência. Homens que encontraram na imaturidade ou na dependência emocional um lugar confortável.

Elas acreditam que, sem a sua ajuda, as pessoas (filhos e marido) são incapazes de realizar tarefas tão bem quanto ela.

Ela acredita que é imprescindível. Nem sequer pensará em pedir ajuda porque acha que se o fizer será menos merecedora do amor da família. Ela é o salvador dos seus.

São mulheres prisioneiras do medo da rejeição e do abandono, com forte tendência ao auto-sacrifício para que o outro não tenha esforço ou não se chateie. O complexo de Wendy é característico em mulheres “superprotetoras”.

Atitudes como “deixa que eu faço pra você” ou “Não sei o que vocês fariam sem mim” é um discurso típico da super mulher.

Elas exercem na relação amorosa uma figura maternal, ao invés da figura de esposa, favorecendo assim, a imaturidade masculina, ou a conhecida síndrome de Peter Pan.

Sempre está disposta a fazer o que quer que seja, contanto que receba demonstrações de amor e gratidão. Mesmo que pareça feliz, no fundo ela se sente sempre triste e insatisfeita.

Juliana Ferron, Escritora, Palestrante, líder do Farol na Família Ministério de Sexualidade, Graduada em Marketing, Teologia Ministerial e Psicanálise, Pós graduada em Teoria Psicanalítica, Graduanda em Psicologia. Autora do livro Cansei de ser gay e co-autora de Jesus sou Gay e agora?
ContatoYoutube | Instagram | Linktr.ee

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas notícias

Os responsáveis pelo colapso são os que se proclamam defensores da democracia

Milhões de pessoas de um lado contra uma meia dúzia do outro. Essa meia dúzia precisa se lembrar que não cabe a eles determinar o que o povo pode ou não pedir. Se o povo é soberano e o verdadeiro PATRÃO de todo funcionário público, ele pode pedir O QUE QUISER.

“Nunca interrompa o seu inimigo quando ele estiver cometendo um erro”

"O criminoso SABE que não tem saída e que, diante disso, restam duas alternativas: entregar-se para a prisão ou tentar a sorte, sair atirando e - quem sabe? - por um milagre conseguir escapar", destaca Pedro Delfino

Estado Autocrático do Xandaquistão

Você duvida do processo eleitoral?“-Fique quieto!”Você acha que deveria ser possível auditar a eleição?“-Não fale isso!!”São descobertas...

Fome de Poder Global

Esse artigo não tem o intuito de falar em teorias de Marx, Engels, Lênin, Trótski, Stalin ou...
- Advertisement -

Moraes manda bloquear contas de pessoas e empresas ligadas as manifestações

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o bloqueio de contas bancárias de 43 pessoas físicas e jurídicas suspeitas de financiar "atos antidemocráticos" e que não aceitam o resultado da eleição presidencial de outubro.

Onde o povo Brasileiro Entra Nessa Democracia?

A verdade é que o Brasil não é uma democracia pelo simples fato de que o povo não participa de nada em relação ao Estado e muito menos em relação aos governos.

Você deve ler isso...

Os responsáveis pelo colapso são os que se proclamam defensores da democracia

Milhões de pessoas de um lado contra uma meia dúzia do outro. Essa meia dúzia precisa se lembrar que não cabe a eles determinar o que o povo pode ou não pedir. Se o povo é soberano e o verdadeiro PATRÃO de todo funcionário público, ele pode pedir O QUE QUISER.

“Nunca interrompa o seu inimigo quando ele estiver cometendo um erro”

"O criminoso SABE que não tem saída e que, diante disso, restam duas alternativas: entregar-se para a prisão ou tentar a sorte, sair atirando e - quem sabe? - por um milagre conseguir escapar", destaca Pedro Delfino
- Advertisement -

Você pode gostar tambémRELATED
Recomendado para você

WhatsApp Receba o nosso CONTEÚDO no WhatsApp