Política Moraes derruba decisão sobre quebra de sigilo do presidente...

Moraes derruba decisão sobre quebra de sigilo do presidente Bolsonaro

Moraes argumentou que CPI extrapolou os limites investigatórios

-

- Advertisment -

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes suspendeu a decisão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia que determinou a quebra do sigilo telemático do presidente Jair Bolsonaro. Moraes deferiu um mandado de segurança apresentado pela Advocacia-Geral da União (AGU) após a aprovação do requerimento da CPI, que ocorreu em outubro. A decisão divulgada ontem (22) foi assinada na sexta-feira (19). 

 “Defiro o pedido liminar para suspender as determinações constantes na aprovação, pela Comissão Parlamentar de Inquérito, do Requerimento 1.587/2021. Dê-se vista dos autos à Procuradoria-Geral da República para oferecimento de parecer, no prazo de 15 dias. Publique-se”, decidiu o ministro. 

Na decisão, Moraes também argumentou que a CPI extrapolou os limites investigatórios. 

“O ato coator acabou por extrapolar os limites constitucionais investigatórios de que dotada a CPI ao aprovar requerimento de quebra e transmissão de sigilo telemático do impetrante, entre outras determinações, sem que tenha apresentado fundamentação a demonstrar sua própria efetividade em relação ao fim almejado pela comissão parlamentar, que já havia encerrado sua investigação, inclusive com a elaboração do relatório final”, concluiu. 

No requerimento, a CPI solicitou ao Google, Facebook e Twitter que forneçam uma série de informações das contas oficiais do presidente, além do pedido de suspensão de acesso às contas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas notícias

Os responsáveis pelo colapso são os que se proclamam defensores da democracia

Milhões de pessoas de um lado contra uma meia dúzia do outro. Essa meia dúzia precisa se lembrar que não cabe a eles determinar o que o povo pode ou não pedir. Se o povo é soberano e o verdadeiro PATRÃO de todo funcionário público, ele pode pedir O QUE QUISER.

“Nunca interrompa o seu inimigo quando ele estiver cometendo um erro”

"O criminoso SABE que não tem saída e que, diante disso, restam duas alternativas: entregar-se para a prisão ou tentar a sorte, sair atirando e - quem sabe? - por um milagre conseguir escapar", destaca Pedro Delfino

Estado Autocrático do Xandaquistão

Você duvida do processo eleitoral?“-Fique quieto!”Você acha que deveria ser possível auditar a eleição?“-Não fale isso!!”São descobertas...

Fome de Poder Global

Esse artigo não tem o intuito de falar em teorias de Marx, Engels, Lênin, Trótski, Stalin ou...
- Advertisement -

Moraes manda bloquear contas de pessoas e empresas ligadas as manifestações

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o bloqueio de contas bancárias de 43 pessoas físicas e jurídicas suspeitas de financiar "atos antidemocráticos" e que não aceitam o resultado da eleição presidencial de outubro.

Onde o povo Brasileiro Entra Nessa Democracia?

A verdade é que o Brasil não é uma democracia pelo simples fato de que o povo não participa de nada em relação ao Estado e muito menos em relação aos governos.

Você deve ler isso...

Os responsáveis pelo colapso são os que se proclamam defensores da democracia

Milhões de pessoas de um lado contra uma meia dúzia do outro. Essa meia dúzia precisa se lembrar que não cabe a eles determinar o que o povo pode ou não pedir. Se o povo é soberano e o verdadeiro PATRÃO de todo funcionário público, ele pode pedir O QUE QUISER.

“Nunca interrompa o seu inimigo quando ele estiver cometendo um erro”

"O criminoso SABE que não tem saída e que, diante disso, restam duas alternativas: entregar-se para a prisão ou tentar a sorte, sair atirando e - quem sabe? - por um milagre conseguir escapar", destaca Pedro Delfino
- Advertisement -

Você pode gostar tambémRELATED
Recomendado para você

WhatsApp Receba o nosso CONTEÚDO no WhatsApp