Nuvem de poeira do Saara chega ao Caribe

Os fortes ventos quentes sobre o deserto do Saara tipicamente levantam areia nesta época do ano e carregam por milhares de quilômetros através do Oceano Atlântico para as Américas

447

Uma nuvem de poeira do deserto do Saara encobriu parte do Caribe, transformando o céu em uma névoa marrom-leitosa e provocando avisos de saúde em toda a região à medida que a qualidade do ar caiu para níveis insalubres.

Os fortes ventos quentes sobre o deserto do Saara tipicamente levantam areia nesta época do ano e carregam por milhares de quilômetros através do Oceano Atlântico para as Américas. Este ano, o pó é o mais denso em meio século, segundo vários meteorologistas. A fumaça espessa reduziu drasticamente a visibilidade.

A nuvem de poeira se deslocou para o leste do Caribe no fim de semana e na terça-feira (23) havia sufocado a Ilha de São Domingos, Jamaica, Porto Rico e o leste de Cuba, continuando seu avanço em direção ao oeste da América Central e sul dos Estados Unidos.

Autoridades de toda a região alertaram os moradores a permanecerem em casa sempre que possível e a usarem máscara facial, especialmente se eles já tivessem uma condição respiratória, pois o pó pode causar irritações e conter agentes patogênicos e minerais.