Início Internacional Kanye West chora em comício e revela que quase abortou sua filha

Kanye West chora em comício e revela que quase abortou sua filha

Candidato à presidência dos Estados Unidos, o cantor faz seu primeiro comício político para as eleições de novembro

-

Kanye West deu os primeiros passos para firmar sua candidatura à presidência dos U.S.A., após o anúncio há algumas semana pelo Twitter. O cantor, já registrado oficialmente como candidato independente em Oklahoma, realizou seu primeiro comício político, ontem (19), na Carolina do Sul.

No evento online, restrito a um grupo de convidados, o artista falou sobre diversos assuntos polêmicos, entre eles a legalização da maconha e o aborto. Kanye faz uma revelação emocionante e não conteve as lágrimas:

“Minha mãe salvou minha vida. Meu pai queria me abortar. Não haveria nenhum Kanye West, porque meu pai estava muito ocupado”, contou. O cantor ainda expôs que ele próprio quase cometeu este erro ao pedir que a esposa, Kim Kardashian, abortasse a primeira filha casal North West, hoje com 7 anos.

“Mesmo que minha esposa se divorcie de mim após esse discurso, ela trouxe North ao mundo, mesmo quando eu não queria. Eu quase matei minha filha”, admitiu aos prantos.

Ele argumentou que o aborto deve ser fortemente desencorajado e mencionou os ensinamentos cristãos:

“A única coisa que pode nos libertar é obedecer às regras que nos foram dadas para uma terra prometida”, disse ele. “O aborto deve ser legal por quê? A lei não é de Deus, então o que é legalidade?”, questiona.

WhatsApp Receba as notícias do Relevante