sexta-feira, março 5, 2021
Início Guerra Cultural As coisas estão piorando e o mundo está prestes a se autodestruir?

As coisas estão piorando e o mundo está prestes a se autodestruir?

"As pessoas hoje vêem o avanço da Nova Era e dizem que o mundo está acabando", revela JB Carvalho em novo artigo

-

- Advertisement -

Estamos vivendo tempos difíceis, principalmente agora como todos sabemos. Mas temos enfrentado ciclos contínuos de desafios e vitorias. Um estudo da historia revela um padrão de TENSÃO, ABALOS, CONFLITOS e uma mudança de nível e avanço civilizatório. Ao comparar o nosso mundo de hoje com o que o mundo era no passado percebemos o quanto avançamos. A duzentos anos atrás escravos nasciam assim por causa da cor da sua pele. A idade permitida para o sexo não era objeto de discussão. O aborto era uma pratica legal. Violência domestica, alcoolismo, idolatria e feitiçaria, enfim, os “bons tempos” do passado não foram tão bons.

Quantos conheciam as Boas Novas do Reino de Deu? Qual era o percentual de crentes nascidos de novo?

Tire uma fotografia da época em que Jesus nasceu.

O império Romano chamado de império de Ferro era um mundo cão. Não havia compaixão nem misericórdia. Pompeu acabou com a pirataria no mundo mediterrânico mediante a crucificação em massa. Europa, Oriente Médio e norte da África possuíam então cerca de 60 milhões de habitantes dos quais cerca de 40% eram escravos.

Eles não tinham limites sobre praticas sexuais. Era a era da pansexualidade: sexo com tudo, sexo com todos.

As pessoas hoje vêem o avanço da Nova Era e dizem que o mundo está acabando. No século I romanos e gregos adoravam muitos deuses, como Júpiter, Juno e Netuno, Diana, Afrodite, etc. Aqueles que não criam nos deuses do panteão greco-romano eram chamados de ateus. Os povos da África, da Ásia e da Austrália estavam dominados pelo animismo, adoração a natureza e o culto aos ancestrais mortos. Nas Américas ninguém tinha uma revelação de YHWH e milhões adoravam demônios oferecendo sacrifícios humanos, que por vezes eram seus próprios familiares.

O Messias nasceu em Israel, uma pequena nação monoteísta no Oriente Médio. Todos os povos ao redor viam com espanto que uma minúscula nação se afirmava como detentora da adoração do Único Deus verdadeiro. Enfim, o mundo inteiro estava perdido em trevas.

Outrora vós, gentios… estáveis sem Cristo… não tendo esperança e sem Deus no mundo. Efésios 2.11-12

JB Carvalho é natural de Teresina (PI), casado com Dirce Carvalho e pai de Chara e Caris. É pastor presidente da Comunidade das Nações no Brasil e nos EUA. Teólogo, conferencista, professor universitário, compositor filiado a ABRAMUS, jornalista e escritor de 13 livros. Dirigente e presidente da Editora Chara, Academia das Nações e também do Instituto Filhos do Brasil, braço social da CN com diversos programas sociais no país. Ênfase na formação de líderes e no desenvolvimento de pessoas.
contato
instagram: @jbcarvalho
facebook: @jbcarvalhooficial

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

WhatsApp Receba as notícias do Relevante