Terra Santa recebe pastores brasileiros em Dia de Oração pela Paz de Jerusalém

O evento foi transmitido pela televisão para 262 milhões de lares em todo o mundo

Reprodução/EaglesWings

O Dia de Oração pela Paz de Jerusalém, um dos maiores eventos cristão do mundo, reuniu mais uma vez dezenas de pastores e contou com o trabalho de mais de 500 mil igrejas. O tradicional movimento de oração contou com participação de líderes religiosos do Brasil, Estados Unidos e Canadá. Há mais de 15 anos, o evento é realizado sempre no início de outubro.

O embaixador dos EUA em Israel, David Friedmam, disse como foi a experiência que reuniu mais de 70 pastores e foi transmitida pela televisão para 262 milhões de lares em todo o mundo.

“Sou muito abençoado por celebrar com pessoas tão incríveis, líderes religiosos inspirados e ilustres como todos vocês, celebrar o Estado de Israel, celebrar esta cidade sagrada de Jerusalém e, é claro, celebrar a relação inquebrantável entre os Estados Unidos e Israel ”. –como aponta publicação do The Jerusalem Post.

“Continuaremos orando pela paz de Jerusalém como fazemos hoje, mas será pela paz baseada na verdade, na verdade inegável e agora cientificamente corroborada, sobre como são as raízes do povo judeu e as raízes do cristianismo. ambos centralizados nesta Cidade Santa, uma cidade pequena em tamanho, mas tão imensamente grande em propósito e significado ”, disse.

Do Brasil para o mundo

O movimento contou com grande representatividade brasileira. Sobre a participação, o pastor Teófilo Hayashi falou da transformação do ambiente espiritual de Israel. “Minha vida mudou nessa terra, minha teologia mudou nessa terra, eu me vi como cristão diferentemente do que antes de vir a essa terra, e como líder eu fui profundamente impactado por tudo o que vi na cultura judaica e nos judeus como um povo que crê em Deus”- como aponta publicação do Guiame.

Entre o grupo de líderes brasileiros, estavam presentes Deive Leonardo, Arthur Pereira, Nelson Junior, Guilherme Batista, Davi Lago, Samuel Cavalcante, David Miranda Neto, Samuel Vagner, Victor Passos, Luca Martini, Brunão Morada, Gabriel Guedes, DJ PV, Fred Arrais, Hygor Junker, João Paulo e Gustavo Paiva- ainda de acordo com a publicação.

com informações The Jerusalem Post e Guiame*