Jovem abraça e perdoa ex-agente da polícia que matou seu irmão a tiros

"Perdoo-te e sei que se fores a Deus e lhe pedires, ele perdoar-te-á", disse o irmão da vítima no tribunal

Reprodução/Reuters

Um jovem americano surpreendeu os jurados após perdoar e abraçar policial que matou seu irmão mais novo a tiros. A ex-agente da polícia do Texas foi condenada a 10 anos de prisão por alvejar Botham Jean, de 26 anos, que foi morto em sua casa enquanto assistia televisão.

A ex-agente de polícia tinha mensagens racistas em seu celular. Os promotores levaram em consideração esse comportamento da agente, mesmo ela alegando que se enganou ao entrar no apartamento de Botham e ter pensado que se tratava de um intruso.

O irmão da vítima, Brandt Jean, após ouvir a sentença da juíza, pediu para abraçar a ex-agente e disse: “Nunca diria isto à frente da minha família ou de ninguém, mas não quero que vás para a prisão, quero o melhor para ti, porque sei que é exatamente o que Botham gostaria… e o melhor é que entregues a tua vida a Cristo”, disse ainda Brandt. Depois do perdão, Amber foi até ao lugar onde Brandt estava sentado e abriu uma Bíblia para ler uma passagem João 3:16: “É aqui que começas”- como aponta publicação do JN.

com informações JN*