Governo supera meta com arrecadação de R$96,2 bi em privatizações

Salim Mattar afirmou que almeja dar mais celeridade ao processo de enxugamento da máquina pública

Reprodução/O Globo

Segundo dados do Ministério da Economia, até setembro deste ano, o governo arrecadou R$ 96,2 bilhões com ações de desestatização.

Divulgado ontem (3), o valor ultrapassou a meta estabelecida em dólares de US$ 20 bilhões. O total acumulado passa dos US$ 23 bilhões.

O montante é advindo de privatizações e desinvestimentos: R$ 78,6 bilhões, dinheiro que entra no Orçamento para abater a dívida pública. Além da venda de subsidiárias da Petrobras e da Eletrobras e de concessões, somando R$ 5,7 bilhões. E pela venda de ativos naturais, como campos de petróleo, no total de R$ 11,9 bilhões.

O secretário de Desestatização, Salim Mattar, disse que almeja dar mais celeridade ao processo de enxugamento da máquina pública, apesar da demasiada burocracia. Mas mostrou confiança:

“Mesmo que algum sinal seja dado à respeito das privatizações de forma negativa, nós acreditamos que, na hora do voto mesmo, a sensatez, o equilíbrio e a responsabilidade vão ser maiores e nós não teremos muitas dificuldades nas próximas privatizações.”

com informações Jovem Pan*