Comportamento Superman e a família contemporânea

Superman e a família contemporânea

"A distração dos pais salvando o mundo, não é exclusiva do Superman", revela Juliana Ferron em artigo

-

- Advertisment -

Um passo para trás.

Existe uma história semelhante a esta aí. E não é sobre o Superman.

Família, não se trata de uma história em quadrinhos.

A estratégia que a DC Comics está empregando aqui, não se trata de estragar personagens principais. Trata-se de refletir a família contemporânea.

De repente um adolescente Queer. Qualquer semelhança não é mera coincidência.

Jon Kent, um adolescente que basicamente passou a vida esperando a volta de seu pai que estava mais ocupado salvando o mundo do que ser um pai presente em sua família.

Clark Kent, um pai formidável, ocupadíssimo com os órfãos do mundo todo, exceto com o coração órfão do seu filho. Um herói presente em acidentes, no fundo do mar, no espaço, e ausente de conexão afetiva com seu filho.

Um homem com dupla identidade certamente deixará um confuso legado.

A distração dos pais salvando o mundo, não é exclusiva do Superman.

Gerações de crianças estão sendo criadas por “pais distraídos” que interrompem a hora do jantar para salvar um post contra a ideologia de gênero. Ideologia esta, que só funciona em famílias distraídas.
Pais trabalhando demais, viajando demais, enriquecendo demais, comunicam que o mundo de fora é mais importante do que o mundo de dentro.

A combinação do colapso da família contemporânea, com ideologias de engano tem produzido resultados que não estamos gostando.

Um superboy adolescente que vive na sombra de um pai ausente, ajusta sua identidade a seus próprios desejos.

Um garoto sem referência tentando descobrir a própria identidade. Órfãos de pais vivos.

Clark Kent manifesta agora o homem dispensável, que representa o símbolo da repressão (homem, branco, hetero) em vez de referência para uma geração.

Que possamos salvar os de dentro e finalmente sermos os heróis de nossas próprias histórias.

Crie seu filho para ser um herói e não esperar por um.

Juliana Ferron, Escritora, Palestrante, líder do Farol na Família Ministério de Sexualidade, Graduada em Marketing, Teologia Ministerial e Psicanálise, Pós graduada em Teoria Psicanalítica, Graduanda em Psicologia. Autora do livro Cansei de ser gay e co-autora de Jesus sou Gay e agora?
Contato: Youtube | Instagram | Linktr.ee

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas notícias

Presidente diz que Brasil e o mundo não aguentam um novo lockdown

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (26) que o Brasil e o mundo não aguentam um...

Luiz Fux afirma que fim da PEC da Bengala “viola harmonia entre os Poderes”

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, pressupõe que a Proposta de Emenda à Constituição...

Vocação Feminina e a Relativização Moderna, F.E.M.I.N.I.S.M.O

Feminismo - como toda filosofia – surge de uma premissa simples, sobre um fundamento histórico/sociológico, assume uma...

China promete contra-ataque após novas sanções dos Estados Unidos

Durou pouco a aparência de polidez entre os Estados Unidos (EUA) e a China, ensaiada na...
- Advertisement -

A sombra de Stalin

O cinema foi usado na história como uma arma de propaganda política. Vladimir Lênin disse que “de...

A escravidão acabou?

Sim, acabou. Nos países ocidentais, onde muito se fala que há um “racismo estrutural”, não há mais...

Você deve ler isso...

Presidente diz que Brasil e o mundo não aguentam um novo lockdown

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje...

Luiz Fux afirma que fim da PEC da Bengala “viola harmonia entre os Poderes”

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF),...
- Advertisement -

Você pode gostar tambémRELATED
Recomendado para você

WhatsApp No WhatsApp