Comportamento OMS: Uma série de fatos para vocês ligarem os...

OMS: Uma série de fatos para vocês ligarem os pontos

"Com três anos de idade, eu já brincava de ligar os pontos em uma folha de papel para formar a figura no final. Tem gente que não aprendeu a brincar disso até hoje...", revela Pedro Delfino em artigo

-

- Advertisment -

2020

23/JAN – Portal UOL: OMS diz que não há evidência de transmissão por contato humano. (Isso se demonstrou falso, existe sim a transmissão entre humanos)

14/FEV – Correio Braziliense: OMS diz que fechar os aeroportos para voos vindos da China seria “improdutivo”. (Baseado na premissa equivocada de que o vírus não se transmitia entre humanos, a OMS recomendou que não fechassem os aeroportos para voos vindos da China. Segundo erro.)

03/MAR – Portal UOL: OMS rebate governo brasileiro e se recusa a declarar estado de pandemia. (O Governo brasileiro quis declarar pandemia no início de março, antes de tudo isso explodir, e a OMS disse que “não era o caso”. Terceiro erro -– vão contando…).

16/MAR – O Globo: Cientistas dizem que assintomáticos são responsáveis por dois terços das contaminações por Covid-19. (A OMS se baseou em estudos que diziam que os casos assintomáticos eram responsáveis pela maioria dos infectados e, por isso, defendeu o isolamento social e o lockdown, fazendo duras críticas aos adeptos do isolamento vertical – ou seja, a estratégia de isolar apenas os sintomáticos e os integrantes do grupo de risco, permitindo que a vida continuasse normalmente para os demais).

08/JUN – Jornal A Gazeta : OMS volta atrás e conclui que transmissão de covid-19 por pacientes sem sintomas é “muito rara”. Para Maria Van Kerkhove, infectologista e líder técnica da OMS, deve haver esforços dos governos para identificar e isolar pessoas que apresentam sintomas. (Ou seja, todo esse período de isolamento social recomendado pela OMS foi INÚTIL, uma vez que os riscos de assintomáticos infectarem integrantes do grupo de risco são infimos. Quarto erro!).

25/MAI – Revista Veja: OMS segue estudo publicado pela The Lancet e encerra pesquisa com Hidroxicloroquina.

04/JUN – Jovem Pan: OMS volta atrás e pede desculpas por decisão sobre Hidroxicloroquina. (Após a exposição das inúmeras FRAUDES presentes no estudo publicado pela revista The Lancet que alardeava a ineficiência da droga, a OMS decidiu voltar atrás em sua decisão e retomar as pesquisas sobre hidroxicloroquina. Quinto erro! Não percam as contas…).

Fevereiro: “Estudo” aponta que o pico da pandemia será em Março.

Março: “Estudo” aponta que o pico da pandemia será em Abril.

Abril: “Estudo” aponta que o pico da pandemia será em Maio.

Maio: Entenda por que o pico da pandemia foi adiado para Junho.

Esses “estudos” estão muito confiáveis mesmo…

29/ABR – Folha de SP: Doria compra respiradores da China sem licitação por R$ 550 milhões. Os respiradores que custam 60 mil reais a unidade foram comprados por 180 mil reais cada.

22/MAI – G1: Auditoria do TCE conclui que compra de respiradores pela gestão Witzel no Rio se deu por três vezes o preço do mercado.

06/JUN – South China Morning Post: Coronavírus dá à China a “oportunidade do século” na América Latina. Enquanto a região enfrenta a crise econômica produzida pela pandemia, Pequim está posicionada para capitalizar. Vácuo deixado pelos Estados Unidos dará à China a chance para mostrar liderança enquanto aprofunda a sua influência comercial e política.

Ainda em dezembro e janeiro, nos primórdios da epidemia, o governo chinês perseguiu os médicos que tentaram divulgar o surto na cidade de Wuhan e tentaram abafar as notícias sobre isso durante semanas, censurando qualquer menção ao novo coronavírus na internet, até ser tarde demais, permitindo a disseminação do vírus para outros países; coisa que poderia ter sido facilmente evitada.

Um estudo da Universidade de Southampton, no Reino Unido, afirmou que se o governo chinês tivesse agido uma semana antes, o número de infectados teria sido 66% menor, e se tivesse agido 3 semanas antes, teria sido 95% menor. Mesmo assim, o que a OMS fez?

29/JAN – G1: OMS elogia atuação do governo chinês contra o coronavírus. Diretor-geral da entidade diz que o governo chinês estabeleceu um novo padrão de enfrentamento a surtos.

Muito estranho, não? Parece que a China fez de tudo para que o vírus se espalhasse pelo mundo e parece também que a OMS fez de tudo para encobrir as armações do partido comunista. Mas por que eles fariam isso?

Thedros Adhanon é o diretor-geral da OMS desde 2017. Vamos analisar rapidamente a sua trajetória até ocupar o cargo mais alto da OMS, entidade ligada à ONU: Thedros não é médico, nem cientista. Ele é um político da Etiópia, filiado ao partido marxista-leninista radical Frente de Libertação do Povo (mesmo nome do Exército Chinês) que forma a Frente Democrática Revolucionária do Povo Etíope, uma coalizão de partidos de extrema-esquerda que vieram da guerrilha revolucionária extremamente alinhados com a política externa da China e que governou a Etiópia com punho de ferro por muitos anos.

Fabrice Coffrini/AFP

Neste governo autoritário, Thedros foi Ministro da Saúde entre 2005 e 2012 e Ministro das Relações Exteriores entre 2012 e 2016. Na função de Ministro da Saúde, Thedros foi acusado de ajudar o governo comunista a abafar três grandes epidemias de malária no país, o que resultou em milhares de mortes desnecessárias (qualquer semelhança com o que aconteceu com o coronavírus pode não ser mera coincidência). Já na função de Ministro das Relações Exteriores, Thedros se aproximou ainda mais e fez amizade estreita com os líderes chineses, grandes parceiros do governo etíope.

No ano seguinte, em 2017, Thedros deixou o ostracismo do seu cargo na Etiópia e misteriosamente surgiu como nomeado à diretoria-geral da Organização Mundial da Saúde. Em oposição à escolha, mais de 20 entidades de Direitos Humanos ao redor do mundo, como a Human Rights Watch, demonstraram extrema preocupação com a escolha e enviaram cartas solicitando a revisão da nomeação, que foram ignoradas.

Tudo muito estranho. Tudo muito suspeito. Não é?

Agora somem a isso, todos os “erros” e “equívocos” cometidos pela OMS, a insistente bajulação ao governo chinês mesmo diante da incontestável culpa no cartório que eles têm, os escândalos de corrupção e negócios escusos sendos feitos entre governos e a China ea previsão dos especialistas de que essa pandemia está colocando o Partido Comunista Chinês diante de uma “oportunidade do século”.

Agora eu te pergunto: você ainda confia no que a OMS diz? Depois do que essa pandemia nos revelou, você ainda vai ficar acreditando cegamente no que dizem esses “estudos” e “pesquisas” não sei das quantas??

Percebam que essas entidades internacionais não passam de órgãos consultivos criados por burocratas que ninguém elegeu, ninguém sabe quem são, com o intuito de concentrar poder e determinar os rumos da política global. Existem diversas entidades médicas ao redor do mundo e a OMS é a mais POLITIZADA de todas. Não se dobrem ao que essa gente diz. Ouçam, consultem, levem em consideração – não tem problema -, mas fiquem com um pé atrás em relação a TUDO o que sair da boca deles.

Pedro Delfino é especialista em História da Civilização Ocidental e História da Igreja Católica; autor do livro Mentalidade Atrasada, Nação Fracassada (que aborda temas como História, Filosofia e Política); do Curso de História Geral da Civilização Ocidental, do Curso de Excelência Catholica, do livro Via Sancta e é co-Fundador do Movimento Brasil Conservador.
contato
Canal no Telegram
Instagram @phdelfino 
E-mail: contato@phdelfino.com

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas notícias

Destro: as denúncias e as profecias do primeiro quadrinho de direita brasileiro

Em julho de 2012, uma edição da revista Mundo Estranho se destacou por ter previsto o surto...

Lei que obriga escolas a ter Bíblia é inconstitucional, decide STF

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por unanimidade, ser inconstitucional lei estadual que obrigue escolas...

República Impopular do Brasil

O que falta para você acreditar que já vive o socialismo?A imagem de governadores e prefeitos levando...

Não seria o lockdown uma estratégia para nos levar ao socialismo?

Segundo estudo da Boa Vista SCPC, empresa de crédito que possui um banco de dados de 130...
- Advertisement -

Algumas verdades sobre o racismo

Números frios, jogados ao vento, podem ser usados de forma a provar qualquer tese que uma pessoa...

Oração tem sido a chave da esperança diante da pandemia da Covid-19

Diante dos pedidos de oração e testemunhos que chegam por todo lado, das necessidades que o Brasil...

Você deve ler isso...

- Advertisement -

Você pode gostar tambémRELATED
Recomendado para você

WhatsApp No WhatsApp