Ministra Damares Alves presenteia menina vítima de racismo com “dia de princesa”

“Será lindo! Toda menina é uma princesa! Chega de preconceito”, disse Damares pelo Twitter

609
Reprodução/Facebook

Uma menina de 9 anos ganhará da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, um “dia de princesa”. A estudante Ana Luísa Cardoso foi vítima de injúria racial quando brincava com outras crianças em um parque de sua cidade.

Ana mora em Anápolis (GO) e costuma brincar com seus amigos. Segundo relatou em carta escrita para a sua mãe, na ocasião ela estava sob um escorregador que tem formato de castelo e participava de um piquenique quando ouviu de uma desconhecida que “não existe princesa preta”.

Segundo o delegado Manoel Vanderic, a ação é criminosa. “A ofensa direcionada exclusivamente àquela criança ou a uma pessoa especificamente, utilizando qualquer elemento de raça, cor, etnia, é tipificado no código penal como injúria racial” declarou.- como noticiou o Pleno News.

Sobre o dia especial dedicado à Ana, a ministra Damares Alves disse em sua rede social: “Será lindo! Toda menina é uma princesa! Chega de preconceito”