Início Comportamento Homem desiste de suicídio ao lembrar do ‘Jesus dos crentes’

Homem desiste de suicídio ao lembrar do ‘Jesus dos crentes’

O desespero tomou Marcelo após o fim do casamento, mas a escolha pelo caminho de Deus fez que ele restaurasse sua vida

-

O empresário Marcelo conquistou uma vida bem diferente da infância pobre através da sua dedicação intensa ao trabalho. Mas a devoção ao trabalho e às vitórias materiais, afetaram seu casamento de 6 anos com Elaine. Após a separação, Marcelo tentou tirar sua própria vida.

No mês de prevenção ao suicídio, ele compartilha sua história divulgada pela Igreja Batista Atitude, com sede no Rio de Janeiro. Ele conta como desistiu de colocar um fim em sua vida ao lembrar do ‘Jesus ao qual os crentes sempre se referiam’.

Pelo sucesso, Marcelo se sacrificou a ponto de passar por 5 cirurgias e desenvolver uma depressão. “Ao conversar com Deus questionou, que ele deveria fazer com sua vida? Se deveria dar um tiro em sua própria cabeça, se a separação seria o melhor caminho ou se simplesmente sumia? Foi quando ouviu uma voz que dizia que, tudo aquilo estava acontecendo porque ele não buscava a Deus”, diz a publicação da Igreja Batista.

Segundo o testemunho, foi quando o empresário lembrou do que os crentes diziam: “Que Jesus era a solução para todos os problemas” e a partir de então buscou ajuda e pediu perdão. “O Senhor tirou todo o vazio que existia e encheu o coração daquele rapaz de alegria, uma alegria verdadeira nunca antes sentida. O prazer de viver e a esperança surgia novamente”, diz o texto sobre o homem que decidiu não mais tirar sua vida, mas entregá-la à Deus.

Reconciliação em Cristo

Antes de casar, Marcelo e Elaine namoram por 10 anos e noivaram por mais 3. Da união nasceram duas crianças, Yan (20) e Kayan (17) – na época da separação com 6 e 1 ano de idade. Segundo o testemunho Marcelo buscou se reconciliar com a família após a conversão.

“Chegando em casa falou com sua esposa sobre a experiência que tinha tido com Deus, que já estava decidido entregar a sua vida a Jesus e que iria procurar uma igreja e perguntou se ela queria servir a Deus junto com ele?”, Elaine aceitou.

A publicação ressalta que essa “história que poderia ter terminado de forma trágica, foi transformada pelo amor incondicional de Deus e hoje são instrumentos do Senhor para a vida de outros casais”. Este ano o casal completa 22 anos de casamento e são líderes de célula, supervisores e cooperam com o ministério de famílias na igreja.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

WhatsApp Receba as notícias do Relevante