Eduardo Bolsonaro e Malafaia apoiam boicote à Natura por campanha com Thammy Miranda

Internautas promoveram a hashtag #NaturaRespeiteosPais como crítica a representação paterna exibida no comercial da marca

579
Reprodução

Parlamentares e líderes evangélicos demonstraram apoio às inúmeras críticas à marca Natura após divulgação do comercial de Dia dos Pais, na última quinta (23),  no qual traz Thammy Miranda como protagonista paterno junto a seu filho Bento, de seis meses.

Nas redes sociais, internautas promoveram campanha de boicote a empresa com a hashtag #NaturaRespeiteosPais. Sem citar nomes, o deputado federal Eduardo Bolsonaro afirmou que a escolha de um “mulher como garoto propaganda do Dia dos Pais” é uma conduta totalmente atípica para padrões brasileiros.”

“Mulher como garoto propaganda do Dia dos Pais. Depois homem para o Dia das Mães… E quem falar o contrário já sabe né? É gado, é pessoa raivosa, discurso do ódio e fake news. Assim vão te calando e empurrando goela abaixo uma conduta totalmente atípica para padrões brasileiros”, escreveu pelo Twitter.

Thammy é um homem transsexual, ou seja, realizou intervenção cirúrgica para mudança de sexo feminino para o masculino. A decisão da marca de cosméticos foi vista pelo pastor Silas Malafaia como “uma afronta aos valores cristãos”.

“Vamos boicotar a Natura! Colocar uma mulher para fazer papel de homem no Dia dos Pais é uma afronta aos valores cristão. Somos a maioria!”, defende Malafaia.

Outros deputados conservadores, como Carlos Jordy, Bia Kicis, Otoni de Paula e Tenente Nascimento também se manifestaram. Para Jordy, a campanha é uma tentativa de “desconstruir a figura do pai e um ataque brutal à família”.