Apologia à maconha faz Ludmilla perder patrocínio comercial

O deputado Marco Feliciano pediu a cassação da Globo por promover a música durante horário acessível à crianças

478
Reprodução/Youtube

Com mais de 25 milhões de views, a repercussão do novo hit “Verdinha” da cantora Ludmilla não tem gerado bons frutos contratuais para a artista. Ela perdeu um contrato da marca Stúdio Z Calçados, no qual seria a nova garota-propaganda de 2020.

Segundo Ludmilla, o cancelamento foi devido ao seu casamento com a bailarina Brunna Gonçalves de Oliveira. Mas o hit tem gerado inúmeras críticas, até mesmo de autoridades do governo.

O deputado federal Marco Feliciano inclusive, pediu a cassação da concessão da emissora Globo por exibir a música durante a programação da manhã, “um horário acessível à crianças”.

Parlamentares como a deputada federal major Fabiana emitiram uma moção de repúdio à canção. E em Minas Gerais, o Cabo Junio Amaral (PSL/MG) notificou a canção à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal.