sexta-feira, fevereiro 26, 2021
Início Colunistas Uma sociedade doente assiste pela TV a mega festa de Wuhan

Uma sociedade doente assiste pela TV a mega festa de Wuhan

"A verdade é que "as orientações com base científica da comunista OMS" quebraram o mundo ocidental, desempregaram milhões de trabalhadores e transformaram o mundo em uma sociedade doente e cegamente obediente", revela Nelson Fonseca em novo artigo

-

- Advertisement -

Vocês devem ter notado o espantoso aumento de casos de discussões entre vizinhos, brigas entre clientes e lojistas, entre marido e mulher, moradores ofendendo porteiros, entregadores sendo humilhados, etc.

Isso tem uma explicação, NÃO UMA JUSTIFICATIVA, MAS UMA EXPLICAÇÃO.

Já era esperado que o “lockdown” provocaria consequências terríveis para a saúde emocional das pessoas.

Muitas perderam o emprego, outras fecharam seus pequenos negócios, se afundaram em dividas, se afastaram de parentes e amigos, deixaram de exercer atividades anti-stress como cinemas, teatros, barzinhos, praia e churrascos com amigos e ainda foram bombardeadas diariamente com notícias deprimentes e apocalípticas.

Foram muitas as pressões psicológicas.

Isso tudo já era esperado e foi avisado que iria acontecer.

O aumento da violência doméstica, abusos sexuais, pedofilia, feminicídios, agressividade sem motivo, suicídios e policiais agredindo e algemando senhoras e adolescentes, também fariam parte desse “combo apocalíptico”.

Seria esse o “NOVO NORMAL” que falam por aí?

Não seria o caso de repensarmos essas medidas? Existem vários estudos que apontam que o isolamento social e o fechamento do comércio foram inúteis. Mas se recusam a abrir uma discussão nesse sentido.

Pesquisas nos EUA, atestaram que 84% dos infectados estavam vivendo em isolamento.

Comércio fechado realmente proteje? Por que então não morreram todos os funcionários de supermercados e farmácias?

Quantos pequenos comerciantes chefes de família fecharam suas portas? Aqueles que conseguiram sobreviver, graças às vendas on-line, vão quebrar agora com a “estratégica e ideológica” greve dos Correios. Parabéns aos “sindicalistas”, foi uma jogada de mestre.

Sigam a “ciência”, sigam a “OMS”!

Qual “OMS”?

A OMS que disse em JULHO que deveríamos nos acostumar com o “Novo Normal” e os novos hábitos de distanciamento social e uso de máscaras?

ou a OMS que em AGOSTO, defendendo a realização da mega festa em Wuhan reunindo milhares de pessoas amontoadas e SEM MÁSCARAS, dizendo que isso era NORMAL, e que “ninguém pode ser culpado por querer viver a vida como era antes”?

Qual orientação “científica” da OMS devemos seguir?

A verdade é que “as orientações com base científica da comunista OMS” quebraram o mundo ocidental, desempregaram milhões de trabalhadores e transformaram o mundo em uma sociedade doente e cegamente obediente.

Fomos imbecilizados!

Fique em casa! Use máscara! “Siga a ciência!” Que eu vou à mega festança em Wuhan.

Nelson Fonseca (Colunista) É profissional de TI aposentado, de direita, conservador, patriota e cristão. Atualmente luta, incessantemente, contra o Comunismo e a degradação social e dos conceitos cristãos.

WhatsApp Receba as notícias do Relevante