Início Colunistas Os números não mentem jamais

Os números não mentem jamais

"Talvez devido à minha formação de base matemática, eu procuro sempre pelos números para analisar certas situações", revela Nelson Fonseca em novo artigo

-

Os números e estatísticas podem até sofrer tentativas de manipulação, mas no final a conta não fecha e a manipulação é desmascarada.

Isso acontece em algumas empresas cuja a contabilidade sofre auditoria.

Durante a pandemia, por diversas vezes tentaram manipular os números, mas no fim a Matemática sempre ganha e desmascara os manipuladores.

Aí está o “Covidão”, que já concluiu que 60% dos recursos federais enviados aos estados para o combate à pandemia foram desviados.

Outro exemplo disso foi a atribuição de mortes de outras causas à Covid-19. Tipo: morreu do coração, fala que foi Covid. Morreu de AVC, fala que foi Covid.

Os motivos para aumentar artificialmente o número de vítimas fatais da Covid-19 foram vários. Uns utilizavam os números para obter mais verbas públicas do Governo Federal, outros para justificar os hospitais de campanha superfaturados e outros apenas para aumentar a audiência de seus telejornais, causar pânico e acusar o Presidente Bolsonaro.

Mas como eu disse, quando você tenta manipular os números, a conta não fecha no final. É Matemática, uma ciência exata.

Quando comparamos o número de mortes entre o período da pandemia e o mesmo período do ano anterior, notamos uma “milagrosa” redução em algumas causas mortis.

Das duas uma: ou as outras doenças deixaram de existir, ou as mortes foram atribuídas à Covid-19 indevidamente.

Mas hoje eu quero questionar outros números:
1 – Como pode a China, com seus 1,5 bilhão de habitantes e uma densidade demográfica altíssima, além de ter sido o “berço” do Corona Vírus, ter apenas 3 mortes por milhão de habitantes?
2 – Por quê a sua economia foi a única no mundo que não teve retração, pelo contrário, cresceu 11,5% nesse período?

Estariam esses números indicando algo de muito errado nessa história?

Veja o quadro comparativo que fiz e tire suas próprias conclusões.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2020-08-28-at-16.22.04.jpeg

Nelson Fonseca (Colunista) É profissional de TI aposentado, de direita, conservador, patriota e cristão. Atualmente luta, incessantemente, contra o Comunismo e a degradação social e dos conceitos cristãos.

WhatsApp Receba as notícias do Relevante