Colunistas Esquerda como uma religião do mal

Esquerda como uma religião do mal

"Cada vez mais a esquerda mostra que sua agenda é sobre sacrifícios humanos, exploração de crianças e ataque ao cristianismo", destaca Henrique Guilherme em artigo

-

- Advertisment -

E não se enganem: pastores e cristãos alinhados com a esquerda, ou que se posicionam contra a direita, são apenas agentes de influência dessa doutrina anticristã

Os últimos anos nos mostram que quanto mais a esquerda avança em sua agenda, mais fica claro que ela parece estar sendo controlada por entidades realmente malignas. Houve uma época em que o debate político foi dominado por pautas extremamente chatas e enfadonhas: o aumento dos gastos públicos, o controle gradual da atividade econômica, a proteção crescente da atividade criminosa (disfarçada de defesa dos direitos humanos), entre outras capazes de confundir a verdadeira essência desse movimento que chamamos de esquerda. Mas estamos em um momento em que se tornou impossível fazer vistas grossas aos absurdos que seus militantes defendem.

O caso da garota catarinense é emblemático nesse sentido. Os fundamentalistas de esquerda não só pregaram sem nenhuma vergonha o assassinato de um bebê aos sete meses de gestação: eles perseguiram agressivamente aqueles que tentaram evitar esse assassinato (como a juíza Joana Ribeiro Zimmer, que deveria ser premiada por sua atitude). Os membros desse culto se organizaram para veicular reportagens mentirosas nos meios de comunicação tanto para difamar a juíza que tentou impedir o crime quanto para engrandecer os pais da garota como se não fossem um epíteto da decadência moral.

Coisa parecida aconteceu nos Estados Unidos, onde recentemente a Suprema Corte corrigiu um erro gravíssimo da militância progressista que se estendia desde 1973 e custou a vida de milhões de bebês. O tribunal reviu a decisão que erradamente colocava o aborto como um direito constitucional, de modo que em pelo menos 22 estados esse crime voltará a ser banido ou desencorajado. Em resposta, esquerdistas tentaram incendiar a sede de uma organização contra o aborto no Wisconsin, deixando uma ameaça: Se o aborto não for seguro, vocês também não estarão.

Mas não é só isso. Enquanto a sociedade está pasmada com essa postura cada vez mais abusada de quem defende o assassinato de crianças, eles estão trabalhando em outras frentes igualmente absurdas. Cada vez mais, a esquerda busca normalizar a sexualização de crianças, principalmente pela promoção do homossexualismo infantil como se isso não fosse uma abominação. Em 4 de junho, um bar no Texas promoveu um evento com o sugestivo nome “Drag Kids to Pride”, cuja tradução é algo como “Arraste as Crianças para o Orgulho”.

O evento contou com desfiles de travestis e crianças em um palco que dizia, com letras bem grandes: “It’s not gonna lick itself”, que traduzindo seria algo como “Isso não vai se lamber sozinho”. E da mesma forma que no caso do aborto, aqueles que se colocaram contra o evento foram perseguidos e tachados de intolerantes. Creio que muitos concordam que todos os adultos envolvidos nesse evento deveriam ser presos e isolados da sociedade por um bom tempo, mas infelizmente o esquerdismo está tão enraizado na sociedade ocidental que quem está sendo perseguido são os que se levantaram contra esse absurdo.

A loucura esquerdista não só permite esse tipo de abominação: ela incentiva. Nos Estados Unidos, grupos gays promovem programas onde travestis visitam escolas de crianças para ler e falar sobre o homossexualismo. E é difícil entender por que esses homens adultos com problemas sexuais gostam tanto de ler para crianças. Mas a resposta é simples: eles QUEREM as crianças. Eles estão indo atrás delas. E eles nem fazem questão de esconder isso. Em uma peça publicitária dessa guerra cultural, um grupo de pedófilos de São Francisco se juntou para mandar “A Message From the Gay Community” (Uma Mensagem da Comunidade Gay) para a sociedade.

O grupo avisa em tom jocoso que eles irão atrás das nossas crianças (das minhas e das suas, claro, porque eles mesmos não conseguem se reproduzir). A intenção do vídeo é justamente normalizar a ideia de que os gays podem ter uma agenda sexual para as crianças e que a sociedade não pode fazer nada para impedi-los. O meu ponto aqui é mostrar que a esquerda não está mais nos perturbando com suas demandas por maiores gastos públicos ou com suas políticas de direitos humanos: agora, seus militantes estão defendendo abertamente o infanticídio e a sexualização de crianças. Ou então, estão de mãos dadas com os elementos do movimento que pregam essas loucuras.

E assim, cada vez mais, eles não conseguem esconder que realmente querem destruir a moralidade, a família e o cristianismo. Alguns, mesmo fingindo não estar totalmente conscientes dessa realidade, atuam como se estivessem. Por exemplo, muita gente naquela religião do mal defende o aborto com o falso argumento de que o feto não sente dor até as 26 semanas (aos seis meses de gestação). Vamos deixar de lado o fato de o argumento ser falso e supor que eles realmente acreditam nisso. Então, todas essas pessoas que usam esse argumento, ao apoiarem o aborto do bebê aos sete meses de gestação (como no caso de Santa Catarina) estão declarando que elas não só concordam com o assassinato da criança, mas que elas sabem que ela sentirá dor! Isso é demoníaco.

E é aqui que eu quero chegar: o esquerdismo sempre agiu como um adversário do cristianismo e dos seus valores. Seus dogmas embasados no socialismo sempre revelaram algum tipo de afronta aos valores da vida, da propriedade e da liberdade. Mas recentemente esse conflito está tão claro que não dá para esconder que boa parte dos esquerdistas parece estar sob a influência de alguma entidade maligna. Ou seja, se antes a luta contra a família se manifestava no incentivo ao divórcio, na proteção da traição e na supervalorização da felicidade própria em detrimento do dever de criar os filhos, hoje a esquerda defende abertamente o fim da família, a sexualização de crianças e o assassinato de bebês por qualquer motivo. Um caso emblemático dessa loucura é o grupo musical feminista chamado “Putinhas Aborteiras”, cujo nome fala por si mesmo.

É por isso que cada vez mais o cristianismo tem se tornado politicamente relevante: as pessoas estão entendendo que há um conflito espiritual ocorrendo no mundo. E que a resposta para os absurdos progressistas, esquerdistas e socialistas não está apenas em um movimento político com pautas opostas às deles. Nos países onde essa religião do mal está sofrendo mais resistência, as pessoas não estão apenas reconhecendo que as posições de direita são melhores e mais sensatas que as desses malucos. Nesses lugares, a população tem abraçado em massa o cristianismo. Onde isso não está acontecendo e onde nós cristãos não estamos ocupando espaço, as reações parecem deformadas e insuficientes. Basta comparar o que tem ocorrido no Brasil ou nos Estados Unidos (onde vários estados baniram o aborto recentemente) e nos demais países da América Latina, por exemplo.

E você, conhece alguém que pregou algum absurdo nas últimas semanas? Ou leu alguma notícia que o deixou escandalizado nos últimos dias? Se sim, compartilhe nos comentários. Deus te abençoe e até o próximo artigo.

Henrique Guilherme (Colunista) É escritor e apresenta o programa O Patriota: A Voz da Resistência. Ele é economista, mestre em Administração Pública e hipnoterapeuta. Também é pós-graduado em Administração de Empresas, Biotecnologia, Matemática e História Militar. Guilherme é geek, patriota, de direita e, principalmente, cristão. Ele dedica sua vida a derrotar as forças do mal e criou a série de livros Guia do Patriota para ajudar todos aqueles que buscam fazer o mesmo.

Henrique Guilherme
É escritor e apresenta o programa O Patriota: A Voz da Resistência. Ele é economista, mestre em Administração Pública e hipnoterapeuta. Também é pós-graduado em Administração de Empresas, Biotecnologia, Matemática e História Militar. Guilherme é geek, patriota, de direita e, principalmente, cristão. Ele dedica sua vida a derrotar as forças do mal e criou a série de livros Guia do Patriota para ajudar todos aqueles que buscam fazer o mesmo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas notícias

O STF será o responsável por uma guerra civil no Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF), por iniciativa do ministro Alexandre de Moraes (relator do caso), decidiu antecipar...

“Um Povo Livre Precisa Estar Armado” George Washington (1° Presidente dos EUA)

Ao longo dos governos de centro-esquerda e esquerda propriamente dito, o Brasil teve uma severa diminuição no...

Moraes nega pedido da PGR para arquivar inquérito contra Bolsonaro

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes negou ontem (5) o arquivamento do inquérito...

Jô Soares morre aos 84 anos em São Paulo

O autor e ator Jô Soares morreu na madrugada de hoje (5), aos 84 anos,...
- Advertisement -

Presidente sanciona piso para enfermagem sem reajuste automático

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta quinta-feira (4), em cerimônia no Palácio do...

55 realizações notáveis do Governo Bolsonaro

Apesar de todas as dificuldades internas e externas (incluindo uma crise sanitária, a paralisação da economia global...

Você deve ler isso...

O STF será o responsável por uma guerra civil no Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF), por iniciativa...
- Advertisement -

Você pode gostar tambémRELATED
Recomendado para você

WhatsApp Receba notícias no WhatsApp