As habilidades sociais afetam tudo

Podemos definir habilidades sociais como a capacidade que uma pessoa tem para expressar seus desejos, opiniões e sentimentos de forma adequada no contexto familiar, social e profissional

Priscilla Du Preez/Unsplash

Hoje nós vamos falar sobre a quinta habilidade específica para conquistar o seu mundo interior com Inteligência Emocional descrita por Daniel Goleman como HABILIDADES SOCIAIS.

Podemos descrever habilidades sociais como a capacidade que uma pessoa tem para expressar seus desejos, opiniões e sentimentos de forma adequada no contexto familiar, social e profissional. É também a capacidade de conhecer novas pessoas ou socializar com pessoas de mentalidades diferentes buscando estabelecer interações sadias.

Goleman afirma que suas habilidades sociais afetam tudo, desde o desempenho do seu trabalho até sua vida romântica. A habilidade social assume muitas formas – é mais do que simplesmente ser falante ou extrovertido. Essas habilidades variam entre ser capaz de sintonizar os sentimentos de outra pessoa e entender como elas pensam sobre coisas (empatia), para ser um grande colaborador ou jogador em equipe, até entender de negociação.

Segundo Daniel Goleman todas essas habilidades são aprendidas na vida e podemos melhorar qualquer uma delas que nos intereça, mas leva tempo, esforço e perseverança. Ter um modelo, alguém que incorpora a habilidade que queremos melhorar, ajuda, mas também precisamos praticar sempre que surgir uma oportunidade no dia a dia.

Seguem algumas dicas para desenvolver as habilidades sociais:

1Pratique a escuta ativa – escutar com atenção o que é dito não apenas com palavras, mas também por meio da linguagem corporal. Evite distrações, demonstre interesse, faça perguntas, mantenha o foco no interlocutor.

2Seja assertivo – uma pessoa assertiva analisa todos ao seu redor antes de falar e considera as percepções desta análise na hora de se posicionar. Não ofenda e não julgue o outro ao defender o seu ponto de vista. Assuma a responsabilidade pelos seus erros. Seja educado e gentil ao pontuar os erros dos outros.

3Mantenha sempre o respeito – respeite as crenças, os valores e as ideias dos outros. Você não precisa concordar, apenas respeitar a individualidade e liberdade de cada um pensar como quiser.

4Seja gentil – pessoas gentis não são egoístas e por isso têm mais facilidade em estabelecer uma boa comunicação com as pessoas ao seu redor. Pesquisas científicas comprovam que pessoas que praticam a gentileza e ajudam o próximo aumentam os seus níveis de felicidade, têm melhor saúde emocional e menor tendência à depressão. Isso porque ela está relacionada ao gene liberador da dopamina, um neurotransmissor que proporciona o sentimento de bem-estar.

5Crie vínculos saudáveis – cultive amizades, mantenha contato com os amigos não apenas por redes sociais, mas presencialmente. Crie uma rede de relacionamentos de auxílio mútuo onde cada membro empresta sua habilidade para ajudar no desenvolvimento do outro.

Sugestão de filme: De porta em porta – baseado em uma história real, mostra como as habilidades sociais podem ser colocadas em prática diariamente e como elas afetam diretamente os nossos relacionamentos.

Agora é partir para a prática para desenvolver tais habilidades. Mantenha o foco, se esforce e persevere. Faça com intenção tudo o que você fez até hoje apenas por intuição.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é WhatsApp-Image-2019-04-24-at-16.48.04.jpeg

Débora Paes (Colunista) Master Coach de Inteligência Emocional certificada pela Federação Brasileira de Coaching Integral Sistêmico. Atuando como Personal Coach, Business Coach, Palestrante e Trainer desde 2015. Analista de Perfil Comportamental com certificação avançada em SOAR Communication Profile pelo SOAR Global Institute – Florida – EUA.