Colunistas A Contradição da Esquerda na PEC dos Precatórios

A Contradição da Esquerda na PEC dos Precatórios

"A esquerda que nunca foi a favor de um teto nos gastos, de repente está preocupada com responsabilidade fiscal", destaca Henrique Guilherme em novo artigo

-

- Advertisment -

Vocês já viram uma fakenews que beneficia a esquerda ser alvo de críticas da grande imprensa ou de políticos progressistas? Durante muito tempo, as mentiras da esquerda foram repetidas inúmeras vezes nos canais de TV, nos jornais, nas revistas e até nas escolas, sem que nenhum político ou meio de comunicação se levantasse contra elas. Mas essa repetição serviu para formar um grupo de pessoas bem-informadas e conscientes que hoje são a pedra no sapato dos grandes grupos que querem controlar o pensamento e limitar a liberdade de expressão.

A esquerda nunca se incomodou quando algum jornalista ou programa de TV mentia dizendo que o nazismo era de direita. Claro que não. O desejo da esquerda é fazer com que o menor número de pessoas saiba que o nazismo era um movimento socialista com manifestações bem similares aos grupos de esquerda dos nossos dias. O Partido dos Trabalhadores Nacional-Socialista Alemão, que era o nome completo do Partido Nazista, nunca foi de direita. E veja que interessante: mesmo com toda a manipulação da mídia e das academias por comunistas, depois de anos de desinformação parece que boa parte da população está bem ciente de que o nazismo era um subproduto esquerdista do socialismo radical que contaminava a Europa no início do século XX.

Da mesma forma, a esquerda nunca se incomodou com a propagação da mentira de que foi o cristão europeu quem criou a escravidão. Durante décadas, os progressistas que controlavam os meios de comunicação nunca se preocuparam em informar que a escravidão era praticada na África e na Ásia antes mesmo de os europeus estabelecerem contato com esses continentes. Pior, nunca se preocuparam em esclarecer que os europeus quase nunca precisaram descer de seus navios para aprisionar qualquer nativo, já que a maioria dos povos africanos faziam seus próprios escravos e vendiam ao preço que queriam para os europeus. Além disso, sempre tentaram esconder que foram movimentos cristãos que deram início ao movimento abolicionista, enquanto os povos islamizados mantiveram a escravidão até o século passado.

Mais recentemente, você nunca vai ver um canal de TV reclamando de qualquer mentira que se veicule contra o presidente Bolsonaro, o ex-presidente Trump, ou qualquer um de sua base de apoio. A mentira contra a direita, contra mim e contra você, é muito bem tolerada pelos políticos de esquerda, pelos grandes canais de TV e pela grande mídia. E isso tudo acontece porque poucos movimentos são tão mentirosos, dissimulados e contraditórios que a esquerda organizada. Poucos grupos são tão autoindulgentes, tão tolerantes com os próprios erros, do que a esquerda contemporânea.

Um exemplo recente foi a reação contra a PEC dos Precatórios. A iniciativa visa criar espaço no orçamento para prorrogar os auxílios emergenciais até 2022. A esquerda que sempre foi a favor da bancarrota do estado, da impressão de dinheiro e do endividamento público finge que está preocupada com a saúde fiscal do país para criticar a iniciativa que vai adiar o pagamento de quase R$ 45 bilhões de precatórios de 2022 para 2023. Eu posso dizer que ninguém na direita está contente com isso e a maioria dos conservadores que comentaram a iniciativa falaram que ela tem mesmo cunho político. Mas é bizarro que a mesma esquerda que queria ver o governo criando o bolsa-absorvente reclame de uma medida que visa dar espaço orçamentário para o pagamento de uma bolsa muito mais generosa.

O mesmo ocorreu com a gestão da pandemia. As mesmas pessoas que queriam (e ainda parecem querer) fechar tudo, alegando que a “economia a gente vê depois”, culpam o governo pela inflação e pelo desemprego. É como se não fossem capazes de compreender que as consequências óbvias do fechamento que tanto defendiam é justamente o aumento de preços e o fechamento de postos de trabalho. Mas tenta explicar isso para um esquerdista! A reação sempre varia entre a agressividade, o cinismo e a ignorância.

E você, o que acha da PEC dos Precatórios? Também tem dificuldade para explicar as contradições daquele conhecido de esquerda para ele? Deixe sua opinião e até o próximo artigo.

Henrique Guilherme (Colunista) É escritor e apresenta o programa O Patriota: A Voz da Resistência. Ele é economista, mestre em Administração Pública e hipnoterapeuta. Também é pós-graduado em Administração de Empresas, Biotecnologia, Matemática e História Militar. Guilherme é geek, patriota, de direita e, principalmente, cristão. Ele dedica sua vida a derrotar as forças do mal e criou a série de livros Guia do Patriota para ajudar todos aqueles que buscam fazer o mesmo

Henrique Guilherme
É escritor e apresenta o programa O Patriota: A Voz da Resistência. Ele é economista, mestre em Administração Pública e hipnoterapeuta. Também é pós-graduado em Administração de Empresas, Biotecnologia, Matemática e História Militar. Guilherme é geek, patriota, de direita e, principalmente, cristão. Ele dedica sua vida a derrotar as forças do mal e criou a série de livros Guia do Patriota para ajudar todos aqueles que buscam fazer o mesmo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas notícias

Presidente diz que Brasil e o mundo não aguentam um novo lockdown

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (26) que o Brasil e o mundo não aguentam um...

Luiz Fux afirma que fim da PEC da Bengala “viola harmonia entre os Poderes”

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, pressupõe que a Proposta de Emenda à Constituição...

Vocação Feminina e a Relativização Moderna, F.E.M.I.N.I.S.M.O

Feminismo - como toda filosofia – surge de uma premissa simples, sobre um fundamento histórico/sociológico, assume uma...

China promete contra-ataque após novas sanções dos Estados Unidos

Durou pouco a aparência de polidez entre os Estados Unidos (EUA) e a China, ensaiada na...
- Advertisement -

A sombra de Stalin

O cinema foi usado na história como uma arma de propaganda política. Vladimir Lênin disse que “de...

A escravidão acabou?

Sim, acabou. Nos países ocidentais, onde muito se fala que há um “racismo estrutural”, não há mais...

Você deve ler isso...

Presidente diz que Brasil e o mundo não aguentam um novo lockdown

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje...

Luiz Fux afirma que fim da PEC da Bengala “viola harmonia entre os Poderes”

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF),...
- Advertisement -

Você pode gostar tambémRELATED
Recomendado para você

WhatsApp No WhatsApp