quinta-feira, janeiro 21, 2021
Início Colunistas A Bíblia de um pastor desatualizado

A Bíblia de um pastor desatualizado

"Nos últimos anos o que estamos vendo são as adequações bíblicas ou como disse o pastor “atualizações”, que justifiquem o nosso estilo de vida", revela Kharyna Accioli em novo artigo

-

- Advertisement -

O espanto na fala do famoso pastor batista Ed René Kivitz no final de semana, não está no seu discurso inflado do politicamente correto e revestido de uma teologia liberal erudita com citações filosóficas como sempre o faz, mas está em afirmar que “se a igreja quer ser carta para novo mundo é preciso atualizar a Bíblia para lidar com os homossexuais que estão dentro das igrejas e estão condenados ao inferno por causa de dois ou três textos bíblicos que não foram atualizados ou estaremos brincando de religião.”

Nos últimos anos o que estamos vendo são as adequações bíblicas ou como disse o pastor “atualizações”, que justifiquem o nosso estilo de vida. Os textos são alterados de acordo com os achismos da época, ou seja o que é conveniente e aglutina o público, pregamos aos domingos com o doce discurso do Jesus paz e amor porque é o que empolga e lota os mega templos.

Como todo livro, a interpretação e contextualização precisa ser aplicada o que não é cabível é alterarmos os textos a partir do espírito da época, o que falta é aplicarmos a Bíblia, que devemos amar e receber qualquer pecador nas igrejas não se discute, mas o que estamos vendo é o êxodo do venha como estás e um dia Deus poderá te transformar, há diferença entre quem comete um pecado e quem vive no pecado e aqui a igreja ocidental mudou a mensagem de Jesus, o homem que teve uma mensagem agressiva e espantosa para a época, que confrontou a mulher adultera dizendo vá e não peques mais, o judeu fariseu, sim Jesus era um fariseu e exatamente por ser um deles esteve em constante embate com suas práticas hipócritas que nada divergem do tempo atual, ele não ajustou a sua mensagem “Arrependei-vos porque é chegado o Reino de Deus” ao contrário, ele pregou ainda que fosse expulso do templo ou da cidade, mesmo que da multidão permaneceu apenas 12 e na intimidade 03.

Toda a criação foi idealizada com o propósito de refletir a natureza de Deus e não somente para viver no conceito físico, mas também no aspecto espiritual (Rom 1: 18-20) e a mensagem de Jesus é exatamente essa, restaurar o projeto original e esse processo de retorno é conhecidamente chamado de TESHUVÁ, palavra esta que denota fazer o caminho de volta, retornar ao original, se reconectar a origem. Isso desempenha um papel importantíssimo na maneira de enxergar o mundo dentro do judaísmo e consequentemente deveria influenciar nossa maneira de enxergar e compreender o mundo dentro do aspecto bíblico.

Bem senhores, enquanto moldarmos a conduta de vida dentro da Bíblia, estaremos assim, dia após dia escandalizados com os discursos politicamente corretos porque agrada a maioria enquanto que, nosso caminho da redenção seria aplicar a Bíblia ao nosso estilo de vida, ajustar o que está fora do plano original e transformarmos o mundo, perdemos espaço como governo de Deus porque nos rendemos ao progressismo liberal.

Arrependei-vos porque é chegado o Reino de Deus, essa é a atualização bíblica!

Kharyna Accioli (Colunista)
Pastora, Leader Coach e Analista Comportamental

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

WhatsApp Receba as notícias do Relevante