Colunistas Nossa vizinha Argentina!

Nossa vizinha Argentina!

A colunista Rayssa Oliveira relata sua experiência pela terra portenha.

-

- Advertisment -

Em uma de minhas andanças pelo Brasil conheci um viajante que me surpreendeu com um de seus comentários. Disse-me que já tinha viajado muito pelo Brasil, queria investir em viagens pelo exterior, pois até aquele momento ele só tinha visitado os Estados Unidos e a Argentina, porém a Argentina não poderia ser considerada. Logo, perguntei o motivo do preconceito, ele respondeu: “Ah, a Argentina é quintal do Brasil nem é uma viagem internacional”. Respeitei a opinião do moço, mas a minha é completamente diferente da dele.

Eu costumo dizer que o mundo é muito grande para a gente ficar repetindo destino, mas há alguns que merecem. Já estive em Buenos Aires por duas vezes, na primeira vez fui no verão. Um calor terrível, só anoitecia dez horas da noite. Isso era ótimo pois como prefiro o dia, pude bater perna até cansar. Dias longos são excelentes para conhecer cada cantinho da cidade. Foi minha primeira viagem internacional, sozinha e ficando hospedada na casa de uma família portenha. 

Puente de la Mujer

O objetivo principal da viagem era estudar, mas isso não impedia os passeios pela cidade. Na época ganhei uma bolsa de estudos em um instituto que oferecia cursos de aperfeiçoamento na língua espanhola. Não sabia, mas no primeiro dia de aula descobri que na minha turma só tinha brasileiros. Uau! Foi uma farra, cada dia inventávamos algo para fazer. Aulas de manhã e à tarde muita curtição pela cidade. Nos matriculamos até em aulas de tango, criatividade não nos faltava e a cidade oferece tanto que tínhamos dúvidas na hora de escolher.

Minha segunda visita ao país não estava nos planos. Estava mochilando com uma amiga pelo Uruguai e quando chegamos em Colônia do Sacramento – cidade uruguaia, que fica do ladinho Buenos Aires – não resistimos, alteramos o roteiro e passamos um fim de semana por lá. Nessa ocasião, encontrei outra cidade! Era inverno, passei muito frio, inclusive saímos à procura de casacos e jaquetas para conseguir suportar o inverno rigoroso. Como estava lá pela segunda vez, adorei ser a guia turística. Levei minha amiga para conhecer o melhor que a cidade poderia nos oferecer. Em Buenos Aires gosto muito de:

ü  Andar a pé (a cidade tem estrutura para que a gente possa caminhar até cansar e para mim é a melhor forma de conhecer um local);

ü  Calle Florida (rua que só pedestre tem acesso e é cheia de lojinhas);

ü  Caminito (fica no bairro La boca e é cheio de casas coloridas, atmosfera bem turística – há quem não veja muita graça);

ü  Passear pelo Centro (visitando os principais pontos turísticos);

ü Bater perna pelos bairros mais charmosos (na minha opinião) Recoleta e Palermo;

ü  Feira de San Telmo (para quem gosta de feirinhas, eu amo!);

ü  Visitar um dos bairros mais novos de lá: Puerto Madero – onde tem restaurantes (pouco caros) e onde está a famosa puente de la mujer (caminhar por lá é uma delícia, é um bairro que homenageia as mulheres – as ruas têm nomes de mulheres famosas em ciências, artes e política);

ü   Comer alfajor, tomar sorvete de doce de leite e comer muitas papas fritas;

ü  Ir a um show de Tango (isso faz parte do passeio, é a cara da Argentina);

Casa Rosada

      Na internet há dicas de sobra sobre o que fazer e o que encontrar em Buenos Aires. O objetivo aqui é destacar minhas impressões desse país que está do nosso lado e que é bem diferente da gente. A cultura argentina é incrível, quem já passou por lá sabe disso, vale a pena visitar. Abra mão da rivalidade boba que há entre Argentina e Brasil e não ligue para o que as pessoas podem falar à respeito do país. Algumas pessoas só consideram viagens internacionais destinos como Europa e Estados Unidos, isso é apenas status de quem quer tirar onda. Os lugares mais incríveis podem ser aqueles que não estão na modinha.

            Infelizmente, da Argentina só conheço Buenos Aires e Puerto Iguazú (escrevo em outro texto), sei que há cidades imperdíveis e muito recomendadas como Mendoza, Ushuaia, El Calafate, Salta e Bariloche. Alguns desses destinos são caros e você precisa contar com uma boa reserva financeira. Buenos Aires é um destino acessível, há muitos hostels (o que facilita a hospedagem mais em conta) e há restaurantes para todos os bolsos, você só precisa escolher bem e buscar dicas pela própria internet ou com os argentinos quando estiver por lá. Sugiro que antes de ir, escolha o que vai querer visitar e já faça uma previsão do quanto vai gastar e o que será imperdível para você.

             Nos arredores de Buenos Aires há muito o que conhecer também e você pode fazer aquele famoso bate e volta e conhecer algumas cidades como: Tigre, San Isidro, a cidade uruguaia Colônia do Sacramento. Também há aquele famoso zoológico que as pessoas interagem com os leões e etc….particularmente não gosto de visitar animais naquelas condições, ainda que digam que não sofram e que são bem cuidados. Contudo, se você tem muitos dias para ficar por lá, explore as redondezas também. Escolha o que você gosta e não o que está na moda. Com planejamento tudo fica mais fácil. Planeja-se, arruma as malas e vá. 

Até mais!

Rayssa Oliveira é uma professora viajante! Ela se define como professora por vocação e viajante por escolha!

Instagram: @RayssaViaja

Últimas notícias

O STF será o responsável por uma guerra civil no Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF), por iniciativa do ministro Alexandre de Moraes (relator do caso), decidiu antecipar...

“Um Povo Livre Precisa Estar Armado” George Washington (1° Presidente dos EUA)

Ao longo dos governos de centro-esquerda e esquerda propriamente dito, o Brasil teve uma severa diminuição no...

Moraes nega pedido da PGR para arquivar inquérito contra Bolsonaro

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes negou ontem (5) o arquivamento do inquérito...

Jô Soares morre aos 84 anos em São Paulo

O autor e ator Jô Soares morreu na madrugada de hoje (5), aos 84 anos,...
- Advertisement -

Presidente sanciona piso para enfermagem sem reajuste automático

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta quinta-feira (4), em cerimônia no Palácio do...

55 realizações notáveis do Governo Bolsonaro

Apesar de todas as dificuldades internas e externas (incluindo uma crise sanitária, a paralisação da economia global...

Você deve ler isso...

O STF será o responsável por uma guerra civil no Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF), por iniciativa...
- Advertisement -

Você pode gostar tambémRELATED
Recomendado para você

WhatsApp Receba notícias no WhatsApp