Reajuste e ônibus com portas dos dois lados começam a valer a partir de hoje (13) no DF

Moradores do Distrito Federal encontrarão duas mudanças no transporte público: ônibus com portas dos dois lados agrada, mas reajuste de 10% gera reclamações

228
Reprodução/Agência Brasília

A partir desta segunda-feira (13), os usuários do transporte público do Distrito Federal vão pagar uma tarifa mais cara em percursos de ônibus e metrô. Hoje também começa a valer para as linhas que passam pela EPTG os ônibus com portas de dois lados.

Reajuste

As passagens de todos os percursos de ônibus e metrô terão acréscimo de 10%. Com o aumento, o circular interno será de R$ 2,75, ligações curtas R$ 3,85, Metrô, ligações longas e integração R$ 5,50.

Na avaliação do governo local, “a medida é necessária para equilibrar as contas e manter o sistema em pleno funcionamento.”

Segundo o secretário de Transporte e Mobilidade, Valter Casimiro, a dívida do GDF com as empresas de ônibus chega a R$ 247 milhões. Somente em 2019, o subsídio chegou a mais de R$ 700 milhões, de acordo com a pasta. Os valores incluem, além da tarifa técnica, a gratuidade (pessoas com deficiência e estudantes). “Infelizmente, o reajuste é colocado no contrato para ser utilizada toda a parte de acréscimo de preços, de pneu a combustível. Isso é contratual e precisa ser incorporado”, diz Casimiro –como apontou o Correio Braziliense.

EPTG

Outra novidade é a circulação a partir desta segunda-feira de 160 novos ônibus com portas de dois lados, na Faixa exclusiva da Estrada Parque Taguatinga (EPTG).

A partir de hoje, “os passageiros continuarão embarcando nos abrigos do canteiro central, mas devem observar o lado em que os ônibus vão passar.”

Ainda, segundo a publicação, “com a chegada da nova frota, a faixa reversa na EPTG deixa de existir. ”