Brasília Propostas para implantar o VLT vão a audiência pública

Propostas para implantar o VLT vão a audiência pública

Encontro será, no dia 27, no auditório da sede do DER. Mas os estudos estão abertos no site da Semob e o usuário pode mandar sugestões

-

- Advertisment -

Os estudos para implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) serão apresentadas no dia 27 de março em audiência pública, que acontecerá no auditório da sede do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER/DF), às 10h. Podem participar usuários, potenciais licitantes e demais interessados.

Os documentos que serão apresentados na audiência – como os estudos de modelagem técnica, econômico-financeira e jurídica, minutas do edital de licitação e do contrato, além de planilha detalhada da modelagem financeira – podem ser acessados no site da Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob).

As contribuições escritas relacionadas à implantação do VLT podem ser enviadas entre os dias 12 de março e 13 de abril por meio de email; no protocolo da Semob, na Estação Ferroviária e por via postal. Também há a possibilidade de entregá-las durante a audiência pública.

Após a audiência, as propostas serão submetidas ao Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) e, em seguida, divulgado o edital de licitação do empreendimento, que será por meio de Parceria Público-Privada.

A implantação do Veículo Leve sobre Trilhos na W3 prevê a ligação entre os terminais Asa Sul, Asa Norte e aeroporto com extensão de 22km. A nova tecnologia irá integrar ao metrô, BRT Sul e ao BRT Oeste.

Existe, ainda, a previsão de implantar um sistema de calçadas e ciclovias na Asa Sul e na Asa Norte que irá facilitar os deslocamentos de pedestres e ciclistas.

Os investimentos são estimados entre R$ 2 bilhões, incluindo obras, material rodante, sistema de energia e sinalização. VLT terá capacidade para transportar cerca de 200 mil passageiros por dia.

Cinco empresas foram selecionadas para desenvolver o estudo de viabilidade do VLT, por meio de Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI), que tem como objetivo permitir que particulares apresentem projetos e estudos para auxiliar o governo a modelar suas licitações.

Para realizar a avaliação e seleção dos estudos de viabilidade, a Semob criou uma comissão técnica, que selecionou o estudo do grupo de empresas BF Capital Assessoria em Operações Financeiras, Serveng Civilsan Empresas Associadas de Engenharia, T’Trans Sistemas de Transportes e Viação Piracicabana para servir de parâmetro para a licitação.

Técnicos da Semob realizaram ajustes e complementações ao estudo selecionado, que originaram as propostas que serão apresentadas na audiência pública do dia 27/3.

Últimas notícias

Presidente diz que Brasil e o mundo não aguentam um novo lockdown

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (26) que o Brasil e o mundo não aguentam um...

Luiz Fux afirma que fim da PEC da Bengala “viola harmonia entre os Poderes”

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, pressupõe que a Proposta de Emenda à Constituição...

Vocação Feminina e a Relativização Moderna, F.E.M.I.N.I.S.M.O

Feminismo - como toda filosofia – surge de uma premissa simples, sobre um fundamento histórico/sociológico, assume uma...

China promete contra-ataque após novas sanções dos Estados Unidos

Durou pouco a aparência de polidez entre os Estados Unidos (EUA) e a China, ensaiada na...
- Advertisement -

A sombra de Stalin

O cinema foi usado na história como uma arma de propaganda política. Vladimir Lênin disse que “de...

A escravidão acabou?

Sim, acabou. Nos países ocidentais, onde muito se fala que há um “racismo estrutural”, não há mais...

Você deve ler isso...

Presidente diz que Brasil e o mundo não aguentam um novo lockdown

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje...

Luiz Fux afirma que fim da PEC da Bengala “viola harmonia entre os Poderes”

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF),...
- Advertisement -

Você pode gostar tambémRELATED
Recomendado para você

WhatsApp No WhatsApp