Início Fashion GDF lança campanha para arrecadar livros e brinquedos infantis

GDF lança campanha para arrecadar livros e brinquedos infantis

Batizada de Vem Brincar Comigo 2020, ação vai doar os itens entregues para crianças em situação de vulnerabilidade no DF

-

Foi lançada nesta terça (25) a campanha Vem Brincar Comigo 2020, com o objetivo de arrecadar brinquedos e livros infantis para crianças em situação de vulnerabilidade no Distrito Federal. A iniciativa será coordenada pela Subchefia de Políticas Sociais e Primeira Infância, vinculada à Chefia de Gabinete do Governador e responsável pelo planejamento, promoção e execução das políticas públicas sociais em parceria com as secretarias do GDF.

Entre 25 de agosto e 30 de setembro, será realizada a arrecadação dos materiais, que podem ser doados nas Administrações Regionais e nos batalhões da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. As doações dos brinquedos e livros infantis arrecadados será feita pela Defesa Civil entre 5 e 12 de outubro, quando é comemorado o Dia das Crianças.

A semana que antecede a data comemorativa, entre 5 e 9 de outubro, vai marcar também a Vem Brincar Comigo Digital, evento que reunirá atividades de entretenimento voltadas para as crianças no canal do YouTube da Secretaria de Economia.

Para a primeira-dama do Distrito Federal, Mayara Rocha, o ato de brincar é essencial na vida de uma criança, pois ajuda no desenvolvimento da criatividade e estimulação da concentração e da memória.

“As brincadeiras estimulam as crianças a se auto conhecerem e atuam na formação da personalidade”, completa. Dessa forma, além do gesto de solidariedade com milhares de crianças em situação de vulnerabilidade no Distrito Federal, a ação visa proporcionar momentos marcantes para todas as crianças beneficiadas.

Devido aos protocolos e medidas de segurança sanitárias para evitar a propagação do novo coronavírus, recomenda-se a higienização com água e sabão ou álcool 70% de todos os materiais a serem doados, além de priorizar a entrega em sacolas plásticas transparentes para facilitar a identificação. 

“Com as Administrações Regionais, Batalhões da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros atuando como pontos de arrecadação, os doadores terão a facilidade de pontos próximos às suas residências”, enfatiza Anucha Soares, chefe da Subchefia de Políticas Sociais e Primeira Infância.

WhatsApp Receba as notícias do Relevante