domingo, janeiro 17, 2021
Início Brasília DF tem uma das menores taxas de homicídio do Brasil

DF tem uma das menores taxas de homicídio do Brasil

Atlas da Violência foi publicado nessa quinta-feira (27). O índice distrital está bem abaixo da média nacional

-

- Advertisement -

O Distrito Federal é a terceira unidade da Federação com a menor taxa de homicídios, de acordo com o Atlas da Violência 2020. O índice do DF ficou em 17,8 mortes por 100 mil habitantes. Muito abaixo da média nacional que é de 27,8 mortes.

O estudo é produzido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). Os dados divulgados referem-se ao período de 2008 a 2018.

O baixo índice de letalidade tem se confirmado a cada mês no DF. No último mês de julho, a unidade federativa atingiu a menor marca em 21 anos, com 27 vítimas nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), que agrupam homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte. Não houve registros de latrocínio e lesão corporal seguida de morte no mês.

De acordo com o secretário de Segurança Pública do DF, delegado Anderson Torres, o esforço das forças de segurança, mesmo diante da pandemia, e operações com foco na redução dos crimes contra a vida têm contribuído para que o DF destaque-se no cenário nacional.

“As reduções das mortes de 2019 superaram a meta estipulada, com a significativa marca de menor índice de homicídios em 35 anos, o que tornaria o desafio para este ano ainda maior. Mas temos unido esforços diuturnamente e realizado operações integradas, a exemplo da 5° Mandamento, com foco na redução de homicídios”, explica o titular da pasta.A Operação 5º Mandamento – referência ao mandamento bíblico “Não Matarás” – tem como foco a redução dos crimes contra a vida e está sendo realizada há quase um mês em diferentes regiões do DF. Coordenada pela SSP/DF, a operação integrada reúne as forças de segurança – Polícias Civil (PCDF) e Militar (PMDF), Departamento de Trânsito (Detran/DF) e Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF) – além de outros órgãos, como DF Legal e Departamento de Estradas de Rodagem (DER/DF).

Temos unido esforços diuturnamente e realizado operações integradas, a exemplo da 5° Mandamento, com foco na redução de homicídiosAnderson Torres, Secretário de Segurança Pública

TecnologiaO investimento em tecnologia também refletiu na redução dos crimes. Em 19 meses – de janeiro de 2019 a julho deste ano – o número de câmeras de videomonitoramento instaladas no DF aumentou 47%. Em janeiro de 2019, o DF contava com 584 câmeras. Até o fim de julho, a Subsecretaria de Modernização Tecnológica (SMT), da SSP/DF), responsável pelo suporte tecnológico do projeto, já havia instalado 859 câmeras. Vinte e uma regiões administrativas já contam com a tecnologia de ponta.

859câmeras de videomonitoramento estão instaladas no DF

“São câmeras em alta resolução. Todas as imagens são transmitidas para o Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob), que atualmente reúne 29 multiagências.  As imagens contribuem de forma eficiente com o trabalho realizado pelas forças de segurança, com aqueles que estão em campo e com investigações e também com o Judiciário. Estamos investindo fortemente na ampliação desses equipamentos, pois nosso objetivo é que todo o DF esteja monitorado”, explica Torres.

WhatsApp Receba as notícias do Relevante