Brasília Conselho Regional de Medicina do DF publica nota contra...

Conselho Regional de Medicina do DF publica nota contra Lockdown

"O CRM-DF é contra o lockdown como medida para controle da transmissão do Sars-CoV-2. A restrição ainda maior de liberdade causa o aumento da incidência de transtornos mentais e agravamento das demais doenças crônicas, além de prejuízo irremediável à economia, provocando desemprego, fome, violência e por conseguinte, mais caos à saúde"

-

- Advertisment -

O Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal (CRM-DF) publicou nesta segunda (1) uma nota pública contra o lockdown como medida para controle da transmissão do Sars-CoV-2.

Para a instituição, tal medida já se mostrou ineficaz, atentatória contra direitos fundamentais da Carta Magna e condenada até mesmo pela própria Organização Mundial de Saúde, nas palavras do Dr. David Nabarro: “O lockdown não sa lva vidas e faz os pobres muito mais pobres.”

A nota ainda diz que o Amazonas, Estado com o maior índice de isolamento social do Brasil, apresentou o maior número de internações e mortes por COVID-19 cerca de 30-45 dias após o primeiro lockdown, sendo ainda mais imediato, após o segundo, configurando mais uma evidência do fracasso dessas medidas extremas de restrição. A restrição ainda maior de liberdade causa o aumento da incidência de transtornos mentais, o uso e abuso de álcool e/ou outras drogas, agravamento das demais doenças crônicas, além de prejuízo irremediável à economia, provocando desemprego, fome, violência e por conseguinte, mais caos à saúde.

“O ciclo de aumento da curva epidemiológica tem se mostrado revelador quinze dias após a ocorrência de aglomerações por ocasião das datas festivas em desobediência às regras proibitivas, como no final do a no e no carnaval. Ações preventivas eficazes estão relacionadas à campanha de educação sobre as medidas individuais de higiene, uso de máscara, distanciamento social, vacinação populacional e ostensiva fiscalização por parte do governo, nunca por decretação de lockdown”, finalizou a nota.

1 COMMENT

  1. Raciocínio lógico: Lockdown só daria certo se confinassemos só as pessoas. O grande erro é que confinamos também milhões ou até bilhões de virus dentro das casas fechadas. Pra agravar ainda mais a concentração de virus nas residências estamos tendo chuvas quase que diárias. É preciso recomendar que as pessoas limpem os pisos de suas casas todos os dias com água sanitária ou cloro, pois os virus estão aí aos bilhões e os nossos anticorpos não dão conta desse ataque avassalador. É preciso admitir que o virus é invisível e precisa que a gente admita que pega ele todos os dias e portanto temos que matá-los todos os dias tambem. Acabar com a ilusão que milhões de pessoas não pegam ou nunca pegaram o virus, pois se ele tem toda essa força é claro que 90 % da população pelo menos já teve contato com ele. Vamos agir com a razão. Raciocinar, pois os comandantes estão mais perdidos que nós.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas notícias

Destro: as denúncias e as profecias do primeiro quadrinho de direita brasileiro

Em julho de 2012, uma edição da revista Mundo Estranho se destacou por ter previsto o surto...

Lei que obriga escolas a ter Bíblia é inconstitucional, decide STF

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por unanimidade, ser inconstitucional lei estadual que obrigue escolas...

República Impopular do Brasil

O que falta para você acreditar que já vive o socialismo?A imagem de governadores e prefeitos levando...

Não seria o lockdown uma estratégia para nos levar ao socialismo?

Segundo estudo da Boa Vista SCPC, empresa de crédito que possui um banco de dados de 130...
- Advertisement -

Algumas verdades sobre o racismo

Números frios, jogados ao vento, podem ser usados de forma a provar qualquer tese que uma pessoa...

Oração tem sido a chave da esperança diante da pandemia da Covid-19

Diante dos pedidos de oração e testemunhos que chegam por todo lado, das necessidades que o Brasil...

Você deve ler isso...

- Advertisement -

Você pode gostar tambémRELATED
Recomendado para você

WhatsApp No WhatsApp