Início Brasília Conheça os animais raros e exclusivos do Zoo de Brasília

Conheça os animais raros e exclusivos do Zoo de Brasília

A raposa-do-campo e o adax são algumas das espécies que só podem ser vistas na unidade da capital

-

Com mais de oito milhões de espécies de animais no mundo, é natural que milhares delas sejam classificadas como raras e/ou em extinção devido aos mais variados fatores de ação humana, naturais e antrópicos. Algumas dessas preciosidades habitam no Zoológico de Brasília e podem ser apreciadas de perto pelos frequentadores. Vamos conhecê-las?

Dentro da família de mais de 826 bichos do Zoo de Brasília está a raposa-do-campo, popularmente conhecida como raposinha. O mamífero, que se alimenta principalmente de insetos e pequenos pássaros, sofreu ao longo do tempo com a caça humana e a competição com animais domésticos. Por esses e outros fatores, visitar a espécie numa ida ao Zoo é mais do que especial.

Parente do tatu-bola-da-Caatinga, o tatu-canastra que mora em Brasília é o único do país e um dos cinco em todo o mundo em zoológicos. No setor dos pequenos primatas está o sauim-de-coleira. De hábito diurno, é fácil encontrá-lo pulando pelas árvores de seu aconchegante lar no zoológico, mas extremamente raro vê-lo fora desse ambiente, uma vez que está criticamente ameaçado.

O Adax, segundo o Zoológico de Brasília, tem apenas dez exemplares na natureza e seis mil em cativeiro nos Estados Unidos e na Europa. No Brasil, as duas unidades em cativeiro estão no Zoo da capital. Outra exclusividade de Brasília é a serpente cotiarinha. Menor jararaca do mundo, ela atinge 60cm. Os dois únicos exemplares da espécie em zoológicos são os da capital federal.

No espaço das aves, outro tesouro: a tiriba-de-pfrimer. Endêmica do cerrado, ela está ameaçada devido à perda de habitat. “É uma espécie colorida que chama a atenção. Ela ocorre mais em matas secas e afloramentos rochosos”, explica Wesley Batista, assistente de plantel na diretoria de aves do Zoo. Há quatro exemplares dela na unidade de Brasília.

Para conhecer esses e todos os outros animais do Zoológico de Brasília basta ir ao local, na Avenida das Nações (L4 Sul). O espaço fica aberto para visitação de terça-feira a domingo, de 8h30 às 17h. Os ingressos custam R$ 10 (inteira).

Crianças de 6 a 12 anos, estudantes, idosos (acima de 60 anos), professores e beneficiários de programas sociais do governo pagam meia-entrada. Menores de 5 anos, pessoas com deficiência e seu acompanhante (se necessário) têm direito à gratuidade.

O ingresso é pago somente em dinheiro e a entrada com bebidas e alimentos é permitida, com exceção de bebidas alcoólicas e recipientes de vidro.

WhatsApp Receba as notícias do Relevante