Estados governados por opositores de Bolsonaro registram mais casos de coronavírus

Análise do R7 aponta que unidades comandadas por políticos adversários do presidente concentram 87% das mortes causadas pela doença

647
Reprodução/Agência Brasil

Uma recente análise sobre o cenário da pandemia no Brasil revela que estados governados por opositores do presidente Jair Bolsonaro registram maior número de casos de coronavírus. Só em São Paulo, que é considerado o epicentro da doença no País, quase 90 mil casos foram confirmados.

O levantamento divulgado pelo R7 aponta que – nos 14 estados que estão sob comando de políticos contrários ao presidente – a soma de casos ultrapassa os 295 mil (79%). Juntas, essas unidades registram mais de 23 mil mortes (87%).

Segundo sugere a análise, os dois governos com maior impasse com Bolsonaro são os mais atingidos pela doença. O Rio de Janeiro, por exemplo, aparece na segunda posição, com mais de 40 mil casos da doença.

Já a soma de casos em 13 estados de governos aliados é de cerca de 79 mil, o que representa 21% do total.

A flexibilização das medidas restritivas no combate à pandemia gera impasse entre alguns governadores, já que o presidente segue defendendo a retomada das atividades e o distanciamento social vertical.