Início Brasil Bolsonaro critica enredo da Mangueira sobre Jesus Cristo

Bolsonaro critica enredo da Mangueira sobre Jesus Cristo

Escola apresentou Cristo sendo agredido por policiais e como mulher

-

O enredo de Carnaval da Mangueira foi alvo de críticas do presidente Jair Bolsonaro. Na avaliação do presidente, a escola desacatou as religiões ao representar Jesus Cristo de várias maneiras na avenida. Em uma das cenas, a escola mostrou Cristo em baile funk e sendo agredido por policiais.

A escola também representou Jesus Cristo como índio, mulher e morador de rua. O samba enredo destacava: “não tem messias de arma na mão”.

Durante uma live em suas redes sociais, Bolsonaro também falou sobre a reportagem do jornal Folha de S. Paulo: “Mangueira usa imagens de Jesus para criticar Bolsonaro”.

“Vamos ver a reação do povo aí. Um dia vou ter alguma vaia também, né? E a imprensa vai divulgar (risos). A ‘Folha de S.Paulo’, hoje, foi buscar uma imagem no carnaval do Rio, uma imagem de uma escola de samba desacatando as religiões, né? Cristo levando uma batida de policial. Faz uma vinculação comigo. Estão buscando uma imagem no Rio para me atingir”, declarou.

O ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, também se manifestou sobre o assuntou e pediu respeito.

“Sou defensor da liberdade de expressão , valor importante na Democracia !! Mas como Cristão não creio ser razoável usar a figura de Jesus, filho de Deus da forma que a escola de samba Mangueira fez !! Independente dos que acreditam ou não, respeitem os Católicos e Cristãos !!”, escreveu Ramos-ainda, como noticiou o G1.

FONTEG1
WhatsApp Receba as notícias do Relevante