Guerra Cultural A Revolução do Prazer: A esquerda quer transformar você...

A Revolução do Prazer: A esquerda quer transformar você num macaco

No último artigo sobre o sequestro da Alma: Guerra cultural é uma guerra espiritual, João Carvalho destaca: A “Babilônia” do Brasil vai cair. Essa filosofia barata e vagabunda do marxismo cultural vai desabar. E junto com ela levará consigo todas as pseudoculturas, todos os sofismas, todas as ilusões propagadas pela mídia sobre um “paraíso” na Terra baseados na “igualdade”, “fraternidade” e “liberdade”

-

- Advertisment -

A semente da decisão é a vontade. E a vontade é o poder que governa a natureza humana e que domina todas as outras faculdades

Pastor Mark Finley

A criação dos seres humanos é absolutamente diferente da criação dos animais. Certa vez na Universidade de Massachussets fizeram um experimento com macacos. Os cientistas descobriram que no cérebro do macaco existe uma região que foi chamada de “centro do prazer”. Na verdade essa região chamada de “centro do prazer” existe também em nós seres humanos e na maioria dos animais. Os cientistas implantaram um eletrodo nessa região do cérebro desse animal de laboratório.

Bem… o macaco, assim como os animais, não possuem um “cérebro anterior” onde está localizada a consciência, a razão e o juízo. Os macacos e todos os outros animais vieram para este mundo em um nível físico e biológico e não em um nível superior de razão, de juízo e de escolhas racionais de inteligência.

Pois bem, os cientistas ligaram um botão ao eletrodo implantado no cérebro do macaco e toda vez que o próprio macaco apertava tal botão, um estímulo elétrico chegava na região do “centro do prazer” do nosso macaquinho e, obviamente, dava a ele a sensação incrível de prazer e felicidade.

O macaco foi colocado em uma jaula e para quê?

Os cientistas queriam ver quão forte era o impulso do macaco para ter prazer e, por conseguinte, abrir mão das outras coisas que eram importantes e que circundavam a vida dele. Após isso, colocaram a fêmea que ele mais gostava e que tinha com ela alguns filhotes, ou seja, a “família” do macaco da experiência.

A fêmea ficava fora da jaula e pasmem, o macaco que estava preso nem olhava para ela por um instante se quer. A única coisa que ele fazia era apertar o botão que dava a ele um prazer incrível até desmaiar.
Dai, então, os cientistas pegaram os filhotes dele e também os colocavam do lado de fora da jaula e, como todo e qualquer filhote, ficavam correndo e brincando por todo o ambiente do laboratório. Porém, o que se viu foi que o macaco do experimento nem ligou nem se importou com a presença dos filhotes ao seu redor. Tudo o que o macaco fazia era apertar o tal botão do prazer até desmaiar de tanto êxtase.

Por fim os cientistas colocaram comida e bebida para o macaco. Nada adiantou. Tudo o que ele fazia era apertar o botão que conduzia um impulso elétrico até o cérebro dele que o enchia de prazer e felicidade.
Resultado da experiência foi que o macaco se matou de tanto “prazer” e “felicidade”. Morreu não se importando com mais nada na sua vida. Tudo aquilo que era importante instintivamente para o macaco, perdeu sentido para ele.

Enfim… e o que isso tudo tem a ver com guerra cultural e com o Profeta Daniel?

Vamos começar com a guerra cultural. Todas as vezes que eu vejo e ouço na mídia brasileira tomada pelo pensamento marxista, gramscista e marcuseano, de que o Brasil deveria legalizar e liberar as drogas, legalizar a prostituição, legalizar a “profissão” de traficante, legalizar as “casas” de lenocínio, legalizar o jogo do bicho, legalizar a cafetinagem e o rufianismo, bem como não se impor nenhuma restrição às bebidas alcoólicas e a maconha, tudo isso me remete para a experiência antiga desse macaco da Universidade de Massachussets.

Vejam senhores que não é com a mídia que eu estou me importando. Não é a mídia que quer esse tipo de coisa. A mídia, como o próprio nome diz, é só o meio para inundar a sua cabeça com argumentos que não se verificam na realidade sobre algo que vai transformá-lo exatamente igual ao macaco da experiência.

Percebam que tudo que a esquerda brasileira e mundial querem é liberar e legalizar as atividades que envolvem o prazer viciante, portanto, um prazer demoníaco escravizador do homem. Querem legalizar inclusive as atividades meio como a de traficante, donos de prostíbulos, pequenos produtores de maconha em um quarto de apartamento… etc.

Embora tais atividades criminosas não gerem o prazer em ninguém, todas elas são facilitadoras da distribuição e disseminação de drogas e costumes vis. E é exatamente por causa disso que querem a legalização e a transformação em Lei dessas atividades em “profissão” e torna-los “empresários”.



O socialismo da “Nova Era” tem o intuito de transformar você e a próxima geração em um macaco como um animal viciado em prazer e completamente dependente do Estado

João Carvalho

O socialismo marcuseano quer transformá-lo num ser abjeto, num ser reduzido ao nível animal de existência, transformá-lo num ser apenas físico e biológico, sem alma e sem espírito e nada mais. Transformá-lo num ser humano de uma só dimensão, a dimensão do material, a dimensão física apenas.

O socialismo, e tudo o que ele traz, só serve para abrir caminhos largos para o autoritarismo destruidor das mentes e das almas das pessoas.

Prazer, prazer e mais prazer… para um país hedonista e extremamente erótico como o Brasil, não há pauta política melhor para esquerda do que toda a liberação e legalização de tudo aquilo que envolve seu corpo e, por conseguinte, de tudo o que lhe traga “prazer ilimitado” e “satisfação imediata”, que as drogas e o sexo fácil podem nos oferecer. Milhões de pessoas destroem seu sistema nervoso central todos os dias só por “prazer”, lamentável isso.



O homem não é um animal como o macaco. O homem não evoluiu de nenhum macaco. O homem é criação de Deus. E Deus nos criou de acordo com Sua própria imagem e de acordo com Sua própria semelhança

João Carvalho

E para finalizar, o que tudo isso tem a ver com o Profeta Daniel?

Em Daniel 1:8, as escrituras falam que o Profeta tomou uma decisão: “Daniel, porém, DECIDIU no seu coração não se tornar impuro…

Veja, Daniel não tomou apenas a decisão de “não fazer” ou a de “não comer” ou a de “não beber”. Daniel tomou a decisão de fazer alguma coisa, decidiu em seu coração, em sua alma, não se corromper com a comida nem com a bebida Babilônicas. O Profeta decidiu não se deixar levar por nada que dava prazer físico ou biológico que viesse desse lugar, então, eu digo para todos: não se corrompam com aquilo que dá a você prazer em olhar, em ouvir, em ler, em saber que permeiam toda a mídia brasileira atual, pois quase tudo é para poluí-lo e influenciá-lo aos vícios “prazerosos” que a esquerda festiva e pérfida tanto adoram.

Deus está a procura de homens e mulheres desejosos em obedece-lo sendo resistentes às pressões de uma mídia, uma sociedade e uma política bem corrompidas como a que vivemos no Brasil. Não devemos nos conformar (sermos conformistas) sobre a atual situação do Brasil, e aqui faço um comentário afirmativo: a igreja evangélica brasileira errou feio ao passar décadas e mais décadas sem se envolver com política, economia e educação (no caso da educação excetuo a Igreja Católica, pois esta sempre foi envolvida com educação desde os primórdios).

Passou décadas sem formar uma “classe” pensante e intelectualizada para ocupar os grandes cargos dessa nação. Preocuparam-se tão somente com televisões (tele evangelismo), rádios e jornais e a comprar a peso de ouro tempo em diversos canais. Desculpem dizer isso mas, a igreja evangélica brasileira foi burra e gananciosa ao dar as costas para a vida pública/política do país e não formar nem preparar homens e mulheres para dirigir a nação!!!

Um absurdo de tempo perdido!!!

Mas houve um momento na década de 90 que a igreja evangélica “acordou” um pouco para tal situação e se meteu na política. Qual é o problema que vemos hoje? Homens que são bons falantes no púlpito, porém, pequenos homens no Congresso. Não possuem o intelecto apropriado para tal trabalho, não possuem cultura suficiente e, muito menos ainda, a expertise política tão necessária para esse meio. Dessa forma, o que vemos é um sufoco dos pastores exercendo cargos de Deputado federal e senador pagando um preço altíssimo por falta de conhecimento e profissionalismo políticos. Sobre isso escreverei em um artigo específico mais na frente.

Voltando a Daniel para finalizar esse artigo. Quando Daniel se propôs a servir a Deus, Deus se propôs a abençoar Daniel. Note que para Daniel não se corromper algo teve que ser retirado, se não Daniel nunca receberia aquilo que Deus queria lhe dar.

A não ser que você retire de sua vida a ignorância, o prazer diabólico viciante, a pornografia, a ganância de querer sempre levar vantagem, enfim, tire de sua vida aquilo que impede você de receber de Deus aquilo que ele quer te dar. No caso de Daniel foram as carnes, a boa comida, a boa bebida, que eram oferecidas aos ídolos do Reino da Babilônia que ele deveria retirar de sua vida. A carne da mesa do Rei era impura e ofendia os preceitos da Torá em relação a uma alimentação kasher.

Além disso, eram carnes e bebidas colocadas sobre uma mesa em um salão onde havia ídolos babilônicos e tudo era tornado impuro espiritualmente. Se Daniel comesse estaria a participar da idolatria dos seus sequestradores.

O resultado do sacrifício do Profeta está em Dn. 1:17. Daniel e seus amigos receberam de Deus sabedoria e inteligência especiais em toda cultura e ciência. E para Daniel, em especial, deu também o dom de interpretar sonhos e visões de todo tipo. As bênçãos recebidas por eles advieram da submissão ao Deus vivo de Israel. Santificaram-se, separaram-se e abriram mão daquilo que supostamente seria um luxo, um privilégio e um prazer.

Por fim nos versos 20 e 21, vemos o nível dez vezes mais abençoados em relação a todos os outros homens do reino.

Reinos de homens ímpios passam, mas aqueles que se preservam, se conservam na sua cultura, na sua fé, nos seus princípios e no seu Deus vencem e passam para além desses reinos.
Daniel e seus amigos transcendiam o reino da Babilônia.



A “Babilônia” do Brasil vai cair. Essa filosofia barata e vagabunda do marxismo cultural vai desabar. E junto com ela levará consigo todas as pseudoculturas, todos os sofismas, todas as ilusões propagadas pela mídia sobre um “paraíso” na Terra baseados na “igualdade”, “fraternidade” e “liberdade”. A Babilônia cultural do Brasil vai desaparecer. BRASIL, ACORDE!!!

João Carvalho

O Relevante News valoriza a liberdade de expressãoA opinião do colunista é autônoma e de responsabilidade do respectivo comunicador, que é livre para expressá-la sem qualquer interferência. A opinião do colunista não reflete, necessariamente, a opinião do Relevante News.

João Carvalho (Colunista) – Economista pós graduado em gestão empresarial pelo CEFET-RJ
Contato: joaoctc2007@gmail.com
Instagramjoaoctcarvalho

João Carvalho
Economista pós graduado em gestão empresarial pelo CEFET-RJ

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas notícias

Os responsáveis pelo colapso são os que se proclamam defensores da democracia

Milhões de pessoas de um lado contra uma meia dúzia do outro. Essa meia dúzia precisa se lembrar que não cabe a eles determinar o que o povo pode ou não pedir. Se o povo é soberano e o verdadeiro PATRÃO de todo funcionário público, ele pode pedir O QUE QUISER.

“Nunca interrompa o seu inimigo quando ele estiver cometendo um erro”

"O criminoso SABE que não tem saída e que, diante disso, restam duas alternativas: entregar-se para a prisão ou tentar a sorte, sair atirando e - quem sabe? - por um milagre conseguir escapar", destaca Pedro Delfino

Estado Autocrático do Xandaquistão

Você duvida do processo eleitoral?“-Fique quieto!”Você acha que deveria ser possível auditar a eleição?“-Não fale isso!!”São descobertas...

Fome de Poder Global

Esse artigo não tem o intuito de falar em teorias de Marx, Engels, Lênin, Trótski, Stalin ou...
- Advertisement -

Moraes manda bloquear contas de pessoas e empresas ligadas as manifestações

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o bloqueio de contas bancárias de 43 pessoas físicas e jurídicas suspeitas de financiar "atos antidemocráticos" e que não aceitam o resultado da eleição presidencial de outubro.

Onde o povo Brasileiro Entra Nessa Democracia?

A verdade é que o Brasil não é uma democracia pelo simples fato de que o povo não participa de nada em relação ao Estado e muito menos em relação aos governos.

Você deve ler isso...

Os responsáveis pelo colapso são os que se proclamam defensores da democracia

Milhões de pessoas de um lado contra uma meia dúzia do outro. Essa meia dúzia precisa se lembrar que não cabe a eles determinar o que o povo pode ou não pedir. Se o povo é soberano e o verdadeiro PATRÃO de todo funcionário público, ele pode pedir O QUE QUISER.

“Nunca interrompa o seu inimigo quando ele estiver cometendo um erro”

"O criminoso SABE que não tem saída e que, diante disso, restam duas alternativas: entregar-se para a prisão ou tentar a sorte, sair atirando e - quem sabe? - por um milagre conseguir escapar", destaca Pedro Delfino
- Advertisement -

Você pode gostar tambémRELATED
Recomendado para você

WhatsApp Receba o nosso CONTEÚDO no WhatsApp